31/12/2020 às 17h18min - Atualizada em 31/12/2020 às 17h18min

Reveja as reportagens mais lidas de 2020 no Diário de Uberlândia

Clima com calor e chuva extremos; polêmicas na Câmara Municipal e pandemia marcam retrospectiva do ano na cidade

DA REDAÇÃO
Chuva torrencial neste mês foi um dos marcos do ano após inundações e diversos estragos na cidade | Foto: Reprodução/WhatsApp
O ano de 2020 foi atípico para o mundo todo em razão da pandemia da Covid-19 e, em Uberlândia, não poderia ser diferente. Além das notícias sobre o novo coronavírus e dos casos policiais que estamparam os noticiários, especialmente aqueles envolvendo crimes violentos, o município registrou uma série de situações que viralizam na web como ocorrências relacionadas às fortes chuvas, casos de discriminação e a reviravolta na política local após as denúncias de desvio de recursos envolvendo a maioria dos vereadores em 2019. 

O Diário de Uberlândia selecionou algumas das reportagens mais acessadas neste ano no diariodeuberlandia.com.br. Relembre abaixo os casos.

PANDEMIA  
A primeira notícia sobre a pandemia na cidade foi divulgada ainda em fevereiro quando a Secretaria Municipal de Uberlândia (SMS) informou sobre o primeiro caso suspeito na cidade. A paciente ficou internada no Hospital de Clínicas após ter viajado para a Itália. No mesmo dia, o Brasil confirmava o primeiro caso da doença que, posteriormente, dizimaria cerca de 200 mil brasileiros.

O caso, no entanto, foi descartado e a primeira confirmação ocorreu no dia 17 de março, se tratando de um homem de 39 anos que também havia viajado para o exterior. 

Três dias depois, o prefeito Odelmo Leão decretou situação de emergência e fechou o comércio da cidade para tentar frear a contaminação no município. No dia 2 de abril, Uberlândia registra a primeira morte em decorrência da enfermidade. A paciente era uma mulher de 61 anos que estava internada no Hospital Municipal. Até nesta quinta-feira (31), a cidade contabilizava 741 mortes e o total de 42.829 infectados.


POLÍCIA  
Entre as notícias mais clicadas pelos leitores, envolvendo ocorrências policiais, está o caso de uma jovem de 24 anos que foi assassinada pelo namorado no bairro Pequis no dia 11 de abril. O autor desferiu pelo menos 11 facadas contra ela e não foi descartada motivação passional na época. 

Uma briga generalizada registrada no bar e restaurante Carro de Boi no dia 8 de agosto também está entre os assuntos mais lidos. Um vídeo com as agressões mútuas repercutiu nas redes sociais e causou indignação por se tratar de um período de pandemia. A Polícia Militar (PM) foi acionada e as vítimas socorridas. 

Outro caso que chamou bastante a atenção da população foi o assassinato da farmacêutica Renata Bocatto Denari, de 38 anos, em novembro. Uma carta com uma suposta confissão foi encontrada próximo ao corpo, não sendo descartada a hipótese de ser uma pista falsa. As investigações não foram concluídas pela Polícia Civil ainda. 


POLÍTICA 
A série de cassações e o surto de Covid-19 nas dependências da Câmara Municipal movimentaram as notícias referentes ao Legislativo de Uberlândia neste ano. Mas as reportagens que, sem dúvidas, foram mais acessadas e repercutidas na internet se tratou das mudanças em cargos do Legislativo.

A primeira delas foi publicada ainda em fevereiro, quando a então procuradora-geral Alice Ribeiro se aposentou após anos à frente do cargo. O que chocou, no entanto, foi a nomeação da filha dela para a função com salário superior a R$ 16 mil. A nomeação foi feita pelo então presidente da Casa na época, Wilson Pinheiro. Após a repercussão negativa e eleição da nova mesa diretora, Aline Ribeiro foi exonerada. 

Figurando entre as 10 mais lidas do ano, está a relação dos novos vereadores para a próxima legislatura. Dos 27 eleitos, 17 são novos parlamentares incluindo a bancada feminina história composta por oito mulheres. A posse dos eleitores ocorre neste dia 1º de janeiro. 

Com cerca de 500 mil acessos – o que representa quase a média mensal de todo o site – o tempo real sobre as eleições municipais em Uberlândia foi o conteúdo mais visto pelos uberlandenses no site do Diário de Uberlândia. Nossa equipe iniciou os trabalhos às 7h para trazer as informações instantaneamente aos eleitores e só encerrou o expediente, na madrugada, após o sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) estabilizar e divulgar os resultados. 

JUSTIÇA
Nos assuntos envolvendo o sistema judicial, duas reportagens lideraram os acessos em 2020. A primeira delas foi sobre a denúncia oferecida pela Promotoria de Justiça de Defesa do Meio Ambiente contra uma construtora da cidade. Nos pedidos, o Ministério Público requereu a demolição de um prédio residencial no bairro Altamira. O caso tramita no Judiciário. 

O segundo assunto foi a operação “A Queda do Biombo” deflagrada pelo Gaeco de Uberlândia em parceria com outras promotorias de Justiça para combater esquema de sonegação fiscal no setor do agronegócio.  

TEMPO
Por fim, não podemos deixar de destacar as principais notícias, relacionadas ao clima, que tiveram grande destaque no ano. A primeira delas foi no dia 6 de outubro, quando o Inmet alertou para risco de morte em decorrência da intensa onda de calor que estava sobre a região do Triângulo Mineiro.

Os termômetros na cidade chegaram a atingir a marca dos 40°C em algumas localidades. Após o calor extremo e período de estiagem, foi a vez das fortes chuvas causarem danos no município. 

O dia mais crítico foi o da chuva torrencial que caiu no dia 8 de dezembro e deixou várias pessoas ilhadas e que precisaram ser resgatadas, especialmente na avenida Rondon Pacheco. Um motociclista chegou a morrer em circunstâncias do temporal, depois de derrapar na via e bater contra uma árvore no bairro Cidade Jardim. 

Segundo os climatologistas da cidade, antes mesmo de acabar o mês, a cidade já tinha registrado volume de chuvas superior à média histórica para o período. 

Veja essas e outras reportagens no diariodeuberlandia.com.br.  





 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »