10/11/2019 às 11h00min - Atualizada em 10/11/2019 às 11h00min

Escrever, receber e distribuir sorrisos

ÉRIKA MESQUITA
Foto: Marcel Gussoni

Lido no dia a dia com palavras. Escolho-as cuidadosamente e, depois, vou botando-as de tal forma que possam se transformar em texto, em história.  Escrevo porque palavras são o mais potente meio de se comunicar. Faço isso sem ser jornalista e, tão pouco, escritora. Contudo, considero conhecer bem a arte de produzir poesias e acredito que tenho uma carga poética nos gestos e na essência como pessoa e profissional.

Escrever, montar uma bela mesa para o jantar, cozinhar com afeto, fazer um drink no final do dia, abrir uma garrafa de vinho, são uma via instantânea para encontrar a minha felicidade possível. Por isso avalio com cuidado e atenção todas essas coisas que parecem até poesia e como elas afetam os que trazem para perto de seus dias um pouco de aconchego. Mesmo que isso aconteça predominantemente por meio das redes sociais, através da tela de celular e não necessariamente em contatos físicos, no cotidiano, ou até mesmo dentro da correria do dia a dia.

Esse tipo de cuidado e atenção podem trazer experiências rotineiras de muitas alegrias para aqueles que sabem percebê-las em seus detalhes. Quando falamos do ato de receber bem, tema que sempre mencionamos por aqui, não tem nada mais delicioso do que visitar alguém e se sentir realmente esperado, como se a casa tivesse sido preparada com um carinho único e intenso para a nossa chegada.

O cuidado que o anfitrião tem com a casa, a comida, a bebida, os mimos e o bem-estar das suas visitas demonstra o sentimento de querer que elas se sintam totalmente em casa, livres e confortáveis. E não é isso que todos nós queremos transmitir para quem nos visita ou para os convidados para um jantar? Tudo isso envolve muito amor, encanto, magia e cuidado!!!

Para quem gosta de cozinhar, receber bem uma visita é alimentá-la bem. E todo mundo sabe que isso não quer dizer levá-la ao melhor restaurante da cidade. É cozinhar aquele prato com gostinho de casa. Servir aquele vinho, aquela cervejinha, sentar em torno de uma mesa bem cuidada, com flores frescas e bater aquele papo enquanto come uns bons petiscos.

Se você é do tipo que ama colocar a barriga na frente do fogão, como eu, a dica é que você faça a sua lista e compras de supermercado, antes da sua visita chegar e deixe suas refeições pré-preparadas. Vale a pena considerar os gostos de todos os convidados para conseguir aproveitar ao máximo as compras para o café da manhã, o almoço e o jantar. Óbvio que é sempre significativo você cativar suas visitas com um pão de queijo quentinho ou algo preparado enquanto vocês conversam, mas é melhor se planejar para que todos os ingredientes estejam a mão e você não tenha tanto trabalho.

E na hora de definir as bebidas e a sobremesa que serão ofertadas, aconselho que você aposte em mais de uma opção para não decepcionar ninguém. Tem sempre os que gostam mais de cerveja do que de vinhos, e os que preferem as frutas mesmo diante de um pudim.

E por fim, digo que receber bem e ser bem recebido não é tarefa fácil para alguns, recomendo que você sempre siga a sua essência, não tente fazer aquilo que não gosta e não se sinta à vontade. Cozinhar é uma delas: quem não gosta nunca consegue agradar fazendo o que não tem vontade.

Estou com saudades de reunir um grupo de amigos e fazer o que mais gosto, receber na VPT Farm, em breve faremos isso é conto aqui com detalhes pra vocês.

Bacalhau à VPT
Do Sabor Sonoro

O mais bacana deste prato é que vários ingredientes são da própria fazenda, carinhosamente chamada de VPT Farm: tomates, abobrinha e todas as ervas foram colhidas na hora, o que dá um gostinho especial à receita.

Ingredientes:

– 1 kg de bacalhau dessalgado
– tomate cereja a gosto (usamos +- 20 unidades)
– 2 abobrinhas pequenas fatiadas em rodelas
– 5 mini-beringelas fatiadas ao meio
– 8 dentes de alhos inteiros
– salsinha e tomilho fresco a gosto
– um tantão de azeite

Preparo:
Aqui é só montar. Disponha todos os ingredientes em uma forma e regue com bastante azeite. Cubra com alumínio e leve ao forno médio (150-180º) preaquecido por mais ou menos 90 minutos. Prontinho, agora é chamar os amigos pra mesa e colocar uma musiquinha pra alegrar os corações.

*O conteúdo desta coluna é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia.








 

Tags »
Relacionadas »
Comentários »