02/10/2019 às 08h30min - Atualizada em 02/10/2019 às 08h30min

'Detetive Pikachu'

KELSON VENÂNCIO
Foto: Divulgação

Apesar de ser um gamer, confesso a vocês que nunca joguei Pokémon na minha vida. Ah, e também não assisti desenhos ou animações e muito menos saí às ruas caçando esses personagens quando lançaram o jogo eletrônico para smartphones “Pokémon Go”. Mas apesar de não ser nenhum especialista no assunto, eu gostei bastante do filme “Detetive Pikachu”.

O longa gira em torno de um jovem que une forças com o detetive Pikachu para desvendar o mistério por trás do desaparecimento de seu pai. Perseguindo pistas pelas ruas de Ryme City, a dupla dinâmica logo descobre uma trama desonesta que representa uma ameaça ao universo Pokémon.

Confesso que não esperava muito desse filme, mas realmente a produção me surpreendeu. Com um roteiro inovador e cheio de reviravoltas, a narrativa prende bastante a atenção do público que fica ansioso para saber o desfecho daquilo que está sendo contado.

Com algumas surpresas bem interessantes, temos uma narrativa crescente e apesar de sabermos que a trama envolve personagens fictícios, baseados em jogos eletrônicos, temos a impressão de estar assistindo um bom filme do gênero policial.

O longa ainda tem ótimos efeitos visuais, uma excelente trilha sonora e boas interpretações, especialmente do veterano Ryan Reynolds que empresta sua voz e movimentos ao protagonista Pikachu. Acredito que com o sucesso deste filme, continuações devem ser feitas em breve.

Nota 7

*O conteúdo desta coluna é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia.

Tags »
Relacionadas »
Comentários »