29/09/2019 às 07h50min - Atualizada em 29/09/2019 às 07h50min

O lado simples da vida

ÉRIKA MESQUITA
Foto: Divulgação

Tenho por hábito sempre escolher o jeito mais complicado, o caminho mais difícil, e vocês? E às vezes sigo pelo caminho reclamando ao longo do trajeto. Acredito que pode estar faltando um botão do “simplificar” na minha vida. Não acho que seja tarefa fácil, isso porque simples não é sinônimo de facilidade, mas tem um parentesco próximo com a serenidade e com o sentir.

Em cada um, esse botão fica num lugar. Em mim, o simples é não me preocupar com a estética demasiadamente. Para mim, mais vale um lindo corpo por baixo de uma roupa antiga. Mais vale uma unha curta, mas que seja verdadeiramente minha e não de Gel, ou postiça.

Levar só roupas pretas na mala porque vão combinar com tudo. Tudo o que fazemos, bem ou mal, envolve a possibilidade do erro. E erro sempre frustra as expectativas e provoca críticas. Volta os olhares para nós, e é assim que enxergamos quando erramos. Mas tenho aprendido e sinto dizer, que não somos tão importantes para o mundo.

Tantas vezes deixamos de fazer alguma coisa por medo do julgamento alheio até descobrir que não tem ninguém olhando. O medo de errar, muitas vezes é mais sofrido que o próprio erro, mas cabe aprender, as batalhas que valem a pena.

Ter uma filha não pode ser uma fonte inesgotável de culpa, errar com ela é sinal que o aprendizado é uma via de mão dupla. Ganhar dinheiro não precisa ser o principal objetivo de vida, escolher ganhar menos pode ser como ganhar na mega sena.

Viajar não precisa ser uma obrigação ou até mesmo o melhor motivo para se expor no Instagram. Passar as férias em casa ou na fazenda pode ser o melhor descanso. Amar não pode ser uma guerra, admitir o fim de uma relação pode ser um alívio. Desde que você respeite o outro, e com certeza é com as nossas crenças que devemos ter compromissos.

Talvez essas são as coisas que nos fazem ser optante pelo SIMPLES. Continuar morando em um apartamento pequeno e cômodo, ter menos, enxergar menos empecilhos, poupar até nas palavras faladas e escritas. Tornar simples a nossa casa, a nossa vida, a rotina do nosso dia a dia. Tudo isso é mais simples do que parece, e com a idade tudo isso é libertador!!!

Segue uma receita simples, daquelas que quem nunca se aventurou passar pela cozinha, faria. Mas, como tenho dificuldade em deixar tudo mais ou menos, segue a minha receita de bolo de maçã, que é simples, mas conquista qualquer um pelos detalhes ao servir: com capricho, atenção, carinho e dedicação que sempre busco ao ser tratada e ao tratar todos que me rodeiam.
 
Bolo de maçã integral com aveia
 
Ingredientes
1 xícara de farinha de trigo integral
1 xícara (chá) de açúcar mascavo
5 colheres (sopa) de óleo de milho, girassol ou canola
2 maçãs médias descascadas em cubos
1/2 xícara de aveia
3 ovos
1 xícara de uva-passa
1 colher (chá) de canela em pó
1 colher (sopa) de fermento em pó
 
Modo de preparo
Numa tigela grande, misture todos os ingredientes e, por último, coloque as passas, a aveia e as maçãs. Coloque em uma forma untada e leve ao forno médio por cerca de meia hora.

​*O conteúdo desta coluna é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia.

Tags »
Relacionadas »
Comentários »