28/09/2019 às 14h00min - Atualizada em 28/09/2019 às 14h00min

Onde está Nilson Lima?

JOÃO BOSCO

Mundo afora a curtir o calor dos povos. O que faz? Substitua as listas da camisa do Wally pela descrição maratona, ou marathon, ou maraton, ou maratoia, ou marathónio, ou myārāthana, ou marathonloop, ou マラソン, etc. Troque o gorro pelo boné e a bengala pelo tênis! “Tá aí” uma dica quente. Domingo passado usava a camiseta марафон. Um dia antes, sábado, havia corrido a de Oslo, chegou às 4h da manhã no hotel em Moscou, tomou um banho e foi para nova largada sem dormir. Nos próximos dias corre na Polônia, Alemanha, Suíça e Áustria. Quer saber?  Ele já correu 260 maratonas em 40 países. Só esse ano, 30 (30x42 km = 1260 km + 86,7km-ultra da África do Sul). Boston faz parte da vida dele. A última mensagem que deixou: “Pra desafiar e fazer a vida valer à pena”. Nilson! “Tudo vale a pena quando a alma não é pequena”. Virginia Woolf é mais direta do que Pessoa: “Além disso, se fazemos o que gostamos, sempre fazemos o que é bom para nós”. Mas afinal, onde ele está? Talvez você o encontre aqui o ano que vem na maratona! “Nilson Lima de Uberlândia”.

*O conteúdo desta coluna é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia.

Tags »
Relacionadas »
Comentários »