08/09/2019 às 09h00min - Atualizada em 08/09/2019 às 09h00min

Semeando agroflorestas

ALICE GUSSONI
Foto: Marcel Gussoni

Fico extremamente feliz quando vejo iniciativas bonitas acontecendo na nossa cidade. E adoro compartilhá-las. Boas notícias merecem sempre ser espalhadas.

Há alguns meses conheci um projeto chamado Semeando Agroflorestas. Desde então, me tornei uma coprodutora das cestas de frutas e verduras orgânicas deliciosas. Não pense que pego na enxada e ajudo no trabalho pesado. É como fazer uma assinatura. O conceito do projeto consiste em criar um grupo de consumo ou compra coletiva. Juntos, financiamos um conjunto de agricultores familiares no cultivo de alimentos sem agrotóxico, sem fertilizantes químicos e dentro dos preceitos da Agroecologia, uma interação sustentável de plantio que preserva da melhor forma a relação homem-natureza.

Acredito que um projeto como este nos ajuda a praticar uma série de atuações mais coerentes com o mundo. Beneficia o pequeno produtor, privilegia a economia local, favorece um tipo de produção de alimentos que não degrada o meio ambiente, muito pelo contrário, o preserva. Você literalmente se alimenta desse ciclo, e os alimenta também. Nem precisamos mencionar o que esse consumo pode fazer pela sua saúde.

Pode ser uma forma sutil, porém eficaz de mudar o mundo: cuidar dos nossos hábitos cotidianos. O consumo consciente pode ser praticado na alimentação, na moda, em todos os setores. Outro exemplo de ação consciente cotidiana que tenho experimentado há um tempo é o melhor aproveitamento do lixo. Como temos o privilégio de ter o caminhão de coleta seletiva, além de reciclar o máximo de rejeitos possível, fizemos uma composteira para dar fim aos resíduos orgânicos e assim, adubar nosso quintal.

Mas voltando a falar de comida, meu “problema” agora é ter uma geladeira com enormes maços coloridos saltando para fora. O que contribuiu para novos repertórios de invenções mirabolantes na cozinha. Descobri formas diferentes de comer folhas de cenoura, folhas de beterraba e beldroegas, coisas que até pouco tempo atrás não faziam parte do meu repertório. A receita de hoje foi inspirada na tradicional Tortilha Espanhola, mas ao invés de usar batatas, quis aproveitar tudo que tinha sobrado antes de chegar a cesta nova.   
 
TORTILHA ARCO-ÍRIS
 
Ingredientes
 
1 beterraba grande
4 cenouras pequenas
1 batata doce
1 abobrinha
8 ovos
Cebolinha
Sal, azeite e temperos a gosto
 
Preparo
Corte fatias bem finas da beterraba, cenoura, batata doce e abobrinha. Eu fatiei usando um mandolin. Unte uma assadeira com azeite e coloque camadas de cada uma delas, salpicando um pouco de sal por cima. Bata os ovos, acrescente sal e temperos. Despeje por cima de tudo e leve ao forno médio por 35 minutos. 
 
Se você quer saber mais sobre a Cesta Semeando Agroflorestas, escreva ou ligue para (34) 98404-8985.
 

*O conteúdo desta coluna é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia.

Tags »
Relacionadas »
Comentários »