31/08/2019 às 07h30min - Atualizada em 31/08/2019 às 07h30min

Uberlândia 131%

JOÃO BOSCO

Chequei aqui em 1974. Dois anos depois, entrei na UFU – Economia. Dependuro na parede o meu diploma assinado pelo professor Gladastone. Eu me UFANO só de pensar que estudei na UFU. A propósito, eu me ufano desde então por residir aqui. Segundo parque industrial de Minas; maior fábrica de cigarros da AL, maior centro atacadista, maior... Sou do tempo do marketing singelo, do “tudo aqui era melhor e maior”. Hoje, com seus 131 anos, apesar de uma economia nacional “zikada”, UDI reage bem, continua pujante e com o marketing institucional mais sofisticado. Leio que “ Mais uma vez Uberlândia é destaque internacional por suas práticas relacionadas ao desenvolvimento econômico, social e sustentável”. Em contraponto, leio que Uberlândia tem mais de 42 mil casos prováveis de dengue. Resultado: num total de 74 mortes (até o mês 6) Uberlândia ganhou de lavada de Uberaba: 14 a 2 mortes, ganhou da Capital de 14 a 12 e repetiu o placar em relação a Betim. Mais de 130% de crescimento no índice de casos de dengue em 20 dias, como diz meu amigo lá do Morumbi: “Aí é pá caba!”.

*O conteúdo desta coluna é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia.

Tags »
Relacionadas »
Comentários »