15/05/2018 às 09h23min - Atualizada em 15/05/2018 às 12h23min

Perguntas sem resposta da representatividade racial nas novelas

FLÁVIO RICCO* | COLUNISTA
 
Se já não bastassem os sobejamente conhecidos e porque alguém, com tempo sobrando, se deu ao capricho de contar, foi verificada a baixa presença de atores negros em “Segundo Sol”, a estreia de ontem na Globo. Novela, era o que faltava, passou a ser mais um entre os tantos problemas na vida dos brasileiros.

E isto a ponto do Ministério Público do Trabalho ser levado a entrar na questão, com notificações e estabelecimento de prazo para que em 10 dias se aumente a representatividade racial na trama. No documento enviado à emissora foram apresentadas, no total, 14 recomendações extensivas a este e demais produtos da casa.

Tudo bem. Não deixa de ser um presta atenção na Globo. Ou uma maneira de, em outras situações, levá-la a conduzir o assunto com maior coerência e cuidado. Mas também não seria esta uma forma de censura ou de até estimular o preconceito?
 

TV TUDO

EXTENSÃO DO PROBLEMA 
Se a Justiça vier a acatar o pedido do Ministério Público do Trabalho e, daqui em diante, forçar a obediência da representatividade racial em novelas de televisão, a Globo e todas as outras TVs serão conduzidas a trabalhar de maneira bem diferente. Pesquisa do IBGE, em 2016, apontou que 44,2% dos brasileiros são brancos, 46,7% cor parda e 8,2% negros.

QUESTÃO DE AGORA 
O que também chama atenção é o porquê de todo esse assunto ser despertado apenas agora em “Segundo Sol”? Diriam alguns, porque sempre é tempo. Antes, vale lembrar, “O Bem Amado” e “Gabriela”, nas duas versões, se passaram na Bahia e sem a agora reclamada representatividade racial.

EXPORTAÇÃO 
A Visionary Thinking, uma das principais distribuidoras de conteúdo de entretenimento do Leste Europeu, vai levar a série “Nada Será como Antes”, com Murilo Benício, Débora Falabella e Bruna Marquezine, para a Sérvia. Já foi fechado acordo de licenciamento com a Globo.

INVERSÃO 
O Brasil, tão conhecido por importar formatos de TV, também vai exportar. A produtora Formata, da Daniela Busoli, já recebeu sondagens em torno do “Fábrica de Casamentos”, aqui, em exibição no SBT.

CINEMA 
A mesma Formata que já está às voltas com projetos de filmes para Luiza Brunet e Glória Pires, para este ano. E, em 2019, irá tocar a segunda parte de “Os Parças”, com Tom Cavalcante.

TÍTULO 
Cissa Guimarães, uma das apresentadoras do “É de Casa”, será a embaixadora da campanha “Ação Global 2018”. O evento, este ano, vai acontecer, dia 26,  em 28 cidades e no Distrito Federal. Em 2017, a iniciativa prestou mais de 1 milhão de atendimentos, entre serviços de saúde, cidadania e lazer.

GRADE 
A propósito do “É de Casa”, o programa terá, sim, edições normais aos sábados durante a “Copa do Mundo”. Será afetado, eventualmente, quando houver coincidência com alguma transmissão da Rússia.  

CONVITE 
O jornalista Domingos Meirelles, da Record, também presidente da ABI – Associação Brasileira de Imprensa, recebeu um telefonema pessoal da ministra Cármen Lúcia, presidente do STF. Por iniciativa dela, está sendo criado um Fórum de Debates de Liberdade de Comunicação e ele, Domingos, foi convidado a participar.

COMÉDIA 
Letícia Tomazella fará Arlete, uma manicure em “As Aventuras de Poliana”, estreia do SBT nesta quarta-feira. Ficaram por conta dela os momentos de humor da novela.

OFICIAL... 
Record e produtora Cygnus Media ainda não assinaram contrato para tocar a próxima edição de “A Fazenda”. O assunto, de acordo com as partes, só será discutido após a conclusão do “Power Couple”.

... E OFICIOSO 
Alguns setores da Record, no entanto, não trabalham com a possibilidade de uma “Fazenda” para este ano. Só em 2019, devido ao excesso de realities. É bom lembrar que entre as programações para o segundo semestre, são confirmadas as produções do “All Together Now” do Gugu e um novo “Dancing” da Xuxa. Resta saber, como outra pergunta, o que será feito do Mion?

BATE-REBATE 

- A Netflix anunciou ontem que o remake da série “Perdidos no Espaço”(Lost in Space) terá “em breve” uma segunda temporada.

- A trilha sonora de “Segundo Sol” traz este detalhe: pela primeira vez "Faraó", sucesso de Margareth Menezes, foi gravada em estúdio... Todas as versões anteriores foram sempre ao vivo.

- Anitta virou uma máquina de ganhar dinheiro. Agora, entre outras iniciativas, fechou com uma cerveja... De acordo com a marca, ela participará da criação de conteúdo, ações e determinadas campanhas. 

- José Loreto, Fábio Tokay, Liza Gomes, Cauê Campos e Talita Fusco estarão em “O Sétimo Guardião”, a substituta de “Segundo Sol”... É a novela do Aguinaldo Silva, que agora tem prioridade na ordem das produções.

- Maria Eugenia Suconic e Cássio Reis começam nesta semana a gravar material para o “Miss Brasil 2018”... A Polishop, parceira da Band na promoção, utilizará um dos auditórios do Riocentro, na Barra da Tijuca, Rio, no dia 26 para a realização do evento.    

C'EST FINI 
A direção da Band tem que agir rapidamente e fazer necessárias correções na sua grade de programação. Comparando os domingos, 15 de abril, programação antiga, com a nova, deste 13 de maio, a média/dia caiu de1,7 para 1,1. Queda de 35%, ou seja, 1 em cada 3 espectadores foi ver outra coisa.

Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!
(*) Colaboração: José Carlos Nery
Relacionadas »
Comentários »