30/01/2018 às 09h37min - Atualizada em 30/01/2018 às 09h37min

Record News hoje funciona na base do 'pagou, entrou'

FLÁVIO RICCO* | COLUNISTA

Ilegalidades à parte, as TVs que, por necessidade ou falta de competência, recorrem a prática da venda de horários, poderiam ao menos usar de alguns cuidados para não se deixar levar pela esculhambação absoluta. A discussão sobre o aviso que antecede a exibição de uma produção independente é tão antiga quanto inócua, sempre dando margem a diferentes ou mais convenientes interpretações.

Como exemplo da vez, o atual estado da Record News, emissora apresentada como um canal de notícia e que até prova em contrário deveria fazer prevalecer a confiabilidade em tudo o que exibido na sua grade de programação. Mas, como, se boa parte dela está entregue nas mãos de terceiros? E que entre eles tem um chamado “Empresários de Sucesso”, cujo formato e conteúdo em nada se diferencia dos muitos televendas espalhados em outros tantos lugares das TVs aberta e fechada.

Tudo muito na base do “pagou, entrou”. O que nos surpreende, do lado mais negativo, ou torna o quadro ainda mais lastimável é que ocorrências do tipo tenham lugar numa televisão apresentada como TV de notícia.


TV TUDO

E VAMOS COMBINAR? 
Na Record, que todos conhecemos, dinheiro nunca foi problema para fazer televisão. E televisão para brigar por disparado primeiro lugar. O fato de não fazer, como é o caso da Record News, revela que o problema é bem outro.

PONTO EM QUESTÃO 
A saúde da Record, por exemplo, em relação à Band, com toda certeza, já de muito tempo apresenta número de batimentos cardíacos e pressão arterial bem desiguais. Uma tem demais e a outra tem de menos. O fato da BandNews se colocar como um canal de notícias importante revela que para se fazer televisão só dinheiro não basta.

SINAL DOS TEMPOS 
O “Fantástico”, de anos passados, já teve momentos consagradores com apresentações de Elis Regina, Gonzaguinha, Tom Jobim, João Bosco e outros tantos. Até chegarmos a Lucas Lucco e Pabllo Vittar de agora. É o retrato perfeito de uma época.

CONTRA O TEMPO 
A Band, até agora, não tem nada de oficial sobre Copa do Mundo. Muito menos sobre a próxima Liga dos Campeões. Isso está fazendo bater o medo em todo mundo lá dentro. Qual será o futuro do seu departamento de esportes?

DIA D 
O que se tem como informação é que hoje, 30 de janeiro, é dado com prazo limite para, de vez, se resolver a questão da presença ou não da Band na Copa da Rússia. O silêncio em torno do assunto acaba nos levando as mais diferentes interpretações.

OUTRA PARTICIPAÇÃO
Em cartaz na reprise de “Celebridade”, Malu Mader acertou uma participação especial em “Malhação: Vidas Brasileiras”, com estreia em março. Fará Melissa, mulher de Jairo (Daniel Dantas) e mãe de Felipe (Gabriel Contente). Malu também fez rápida passagem por “Tempo de Amar”.

VEM AÍ 
A TV Gazeta se posiciona oficialmente a respeito de nota sobre o empresário Rinaldi Faria - criador dos palhaços Patati e Patatá – e um programa dele no fim de noite. “Existe uma conversa em andamento para uma possível estreia em março. O projeto segue em análise”, informa a assessoria.

UMA COISA É UMA COISA... 
A partir de notícia aqui publicada houve quem divagasse ou concluísse que a entrada do Rinaldi implicaria na saída do “Todo Seu”. Tudo errado. O programa do Ronnie é um produto de grade considerado indispensável na Gazeta. Sempre com resposta comercial das mais interessantes. Uma marca da casa.

ASSIM COM O HOMEM 
Se depender de uma proximidade maior com Temer, a Band pode estar muito perto de ter todos os seus problemas resolvidos. Não bastasse outras coisinhas, distribuídas ao largo dos seus noticiários, sábado ele apareceu no Amaury e ontem foi, ao vivo, na rádio.

EXPOSIÇÃO 
Na mesma questão Temer, o SBT não fica atrás. Primeiro Silvio Santos, depois Ratinho. Aliás, a participação do presidente no “PSS”, apresentou crescimento de um ponto entre o seu minuto de entrada e o de saída do ar. Foi de 10 para 11 de média.

BATE- REBATE

- A partir do dia 5, Otaviano Costa ganha mais 45 minutos na Rádio Globo... O “No Ar” passa a ser transmitido de segunda a sexta das 8h às 11h45.
 
- As gravações da série “Cine Holliúdy”, estrelada por Letícia Colin e Edmilson Filho, estão chegando ao fim... Uma boa parte dos trabalhos foi em uma locação de Areias-SP, mas a conclusão será no Ceará, para onde viajam os protagonistas... Haverá ainda várias participações especiais, e as gravações terminam dia 4.  

- Com a volta de Luiz Megale ao “Café com Jornal”, na Band, sua equipe vive a expectativa de novas mudanças... A baixa audiência continua tirando o sono de todos... Por lá, muitos  defendem alterações na estrutura do programa e a volta de Laura Ferreira.        

- A entrada do “Chaves” na programação do SBT-SP, aos sábados, faixa matinal, foi ao encontro do público adulto naquele horário... Isto, e tão somente isto, provocou pequena redução no tempo de arte do “Sábado Animado”.

- A supersérie “Onde Nascem os Fortes” terá um total de 53 capítulos e sua estreia na Globo continua prevista para 23 de abril, uma segunda-feira.

- As gravações de “Malhação – Viva a Diferença” deverão ser concluídas no dia 9.
 
C'EST FINI
Principalmente agora como “sala de espera” para o “BBB”, “O Outro Lado do Paraíso” observa ótimas audiências na Globo, nas principais praças. Isso é uma coisa. A outra, como toda novela, é que alguns núcleos acabam decepcionando. O do garimpo, por exemplo, até aqui não funcionou, apesar do grande investimento. O cenário ocupa nada menos que 3.700 metros quadrados da cidade cenográfica. 

Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!
(*) Colaboração: José Carlos Nery
Leia Também »
Comentários »