14/01/2019 às 10h13min - Atualizada em 14/01/2019 às 10h13min

A alma da planta

DENISE AFONSO E ÉRIKA MESQUITA
A partir da extração dos aromas presentes em plantas, flores, madeiras e raízes podemos trazer para nosso benefício, diversas propriedades de tratamento e cura para desconfortos físicos, mentais e espirituais. Um tratamento holístico e alternativo, os óleos essenciais são remédios naturais muito poderosos e concentrados.
Podem elevar o humor, acalmar os sentidos e extrair poderosas respostas emocionais.  Certos óleos podem também ser usados como suplemento alimentar para promover vitalidade e bem-estar.

Eles penetram no nosso organismo através de absorção pela pele, através da inspiração e/ou ingestão oral. É importante saber como usá-los corretamente e as doses certas, tanto para sua eficácia como remédio, como para evitar a superdosagem.

Cada vez mais, pesquisas comprovam os bens da aromaterapia. A ação dos óleos essenciais como antidepressivo, bactericida, estimulante, analgésica, repelente de insetos, ansiolítico, entre outros. Especialistas explicam que os óleos essenciais aumentam a atividade cerebral provocando consequências positivas para nossa mente da mesma forma que a meditação.

Respirar profundamente é um ato que precisamos exercitar com mais frequência e com atenção plena. Então, fica a dica, que tal introduzir no seu cotidiano a aromaterapia?!

Veja alguns óleos mais utilizados na aromaterapia e suas propriedades para cada situação:
Hortelã-pimenta: proveniente dos EUA, tem inúmeras propriedades terapêuticas. Combate à fadiga mental, depressão, tonturas, dor de cabeça, fraqueza, melhora significativamente a agilidade mental e os níveis de concentração. É utilizado para pneumonia, bronquite, asma, sinusite, cólicas, náuseas e dores musculares. A nível cutâneo, é recomendado para dermatites e acne.

Lavanda: originado na França, é um dos mais versáteis. Combate o stress, a ansiedade, depressão, é excelente no tratamento da insônia. Tem um efeito extremamente tranquilizante. Antisséptico e um excelente antídoto contra picadas de insetos. Promove a cicatrização e regeneração da pele.

Limão: nativo da Índia, é muito benéfico para os sistemas digestivo, circulatório e imunitário. Acalma e alivia dores de cabeça. Indicado também para tratamentos capilares e dermatológicos.

Canela: analgésico e bactericida, combate gripes, cólicas, diarreias e auxilia no estímulo sexual. Ainda fortalece a intuição, conforta e alivia a fadiga.

Laranja: estimula o metabolismo celular e as funções digestivas, agindo como um tônico estomacal. Tem ação hipotérmica, combatendo a febre. Alivia estados de tristeza e ansiedade.

Menta: poderoso tônico nervoso e hepático. Cuida da indigestão estomacal, náuseas, sintomas de menopausas, dores musculares, cãibras, reumatismo e excelente expectoramente. Além disso, clareia a memória e tem ação revigorante.
 
INGREDIENTES
2 abacates (ou avocado) maduros
1 tomate maduro
caldo de 1 limão
2 colheres (sopa) de azeite
coentro picado a gosto
sal e pimenta dedo de moça

MODO DE PREPARO
Lave e seque os abacates, o tomate e o coentro. Com a faca, corte o abacate ao meio, no sentido do comprimento, e descarte o caroço. Descasque, corte cada metade em cubos e transfira para uma tigela. Gosto de deixar os pedacinhos, não gosto de amassar.

Regue o avocado com o caldo de limão. Corte o tomate ao meio, descarte as sementes, e corte as metades em cubos pequenos. Pique grosseiramente as folhas de coentro. Junte ao avocado picadinho, tempere com o azeite, sal e pimenta a gosto. Misture bem e sirva imediatamente.

*Na receita da foto, caso utilizamos os óleos essenciais, esses em específico que são óleos para ingestão, de laranja e limão no lugar do caldo do limão.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »