04/11/2018 às 08h00min - Atualizada em 04/11/2018 às 08h00min

​Mais praticidade, sabor e saúde

DENISE AFONSO E ÉRIKA MESQUITA COM FOLHAPRESS
Por trás de cada saboroso prato que apreciamos, há etapas as quais nem imaginamos se não vamos para a cozinha. A ideia é inspirar as pessoas a pensar sobre suas refeições. A comida não é apenas uma mordida de algo que colocamos na boca. Cozinhar se tornou uma terapia, um momento que podemos: refletir sobre o que está acontecendo em nossas vidas enquanto temperamos um alimento, batemos um bolo.

Hoje escolhemos o tema grelhados, uma excelente opção quando você prioriza uma boa nutrição e um alimento saboroso. Grelhar economiza tempo, é fácil, pode-se usar pouca ou mesmo nenhuma gordura.

Esse método de cocção, quando bem executado, auxilia na preservação dos nutrientes dos alimentos e com um uso criativo de algumas especiarias e condimentos, você pode obter uma refeição saudável com sabores ímpares.

Uma maneira de dar sabor aos alimentos grelhados é pelo uso de marinados ou salmouras. Antes de levar à grelha, para garantir as proteínas das carnes e dos vegetais, os alimentos podem ser marinados em misturas de azeite com vinho, vinagre, sucos cítricos, ervas, especiarias e outros alimentos que ajudam a adicionar sabor. E sempre tempere a comida no mínimo uma hora antes de levá-la a grelha. Isso permite que o sabor do tempero impregne nos alimentos.

As frutas são perfeitas para grelhar, até porque são facílimas de preparar na grelha. Basicamente, a fruta é composta de água e açúcar, no processo os sabores ficam concentrados, reduzindo a água e caramelizando os açucares naturais. Melancia, maças com mel e canela, abacate, espetinhos de morango com pedaços de bolo, ricota com ameixa são algumas sugestões criativas para variarmos nossas escolhas.

Os benefícios à saúde são primordiais. Grelhando você evita uma série de problemas para a saúde, como colesterol alto, pressão arterial e obesidade. Mas atenção, devemos ter alguns cuidados importantes, pois o fogo, a fumaça e os efeitos da grelha podem causar uma reação química e os compostos que se formam, são perigosos para a saúde. Uma das precauções é marinar a carne com ervas ricas em antioxidantes como orégano, alecrim, tomilho, sálvia. Acrescentar sumo de limão, laranja ou mesmo cerveja, também ajuda a reduzir a quantidade de compostos cancerígenos. E outra precaução importante é evitar a carbonização dos alimentos e rejeitar todas as partes queimadas.

Convidamos Lucyane Crosara e Ana Vitória, autoras do Livro Alimento Movimento e Alma, para nos inspirar com uma deliciosa berinjela grelhada!
Bom apetite!

Berinjela com missô e mel
Por Lu Crozara e Ana Vitoria

INGREDIENTES
- Berinjela: 2 unidades
- Óleo de girassol ou azeite: 2 colheres de chá
- Sal: a gosto
- Pimenta-do-reino: a gosto
- Missô: 1/2 xícara de chá
- Mel: 1/2 xícara de chá
- Água fervente: ⅓ xícara de chá

PREPARO
- Fatie as berinjelas com casca, em rodelas de 1,5cm, e salpique sal; deixe-as descansarem por 20 minutos (para retirar um pouco do amargo).
- Lave em água corrente e seque com papel-toalha.
- Esquente uma frigideira, coloque metade do óleo e quando estiver quente coloque as berinjelas e deixe que dourem levemente. Quando for virar, coloque o restante do óleo.
- Bata o missô com a água fervente em um mixer, processador ou liquidificador; acrescente o mel e reserve.
- Pincele o molho de em um dos lados, vire e repita. Deixe por 1 minuto de cada lado (tome cuidado, pois como o molho tem mel, carameliza rápido e pode amargar se passar do tempo).
- Sirva com mais molho quente à parte ou sobre as berinjelas.

Obs.: esse molho pode ser guardado na geladeira por alguns dias.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »