22/10/2017 às 05h35min - Atualizada em 22/10/2017 às 05h35min

A simplicidade na cozinha do chef Olivier Anquier

Francês ensinou receita e esbanjou simpatia em vinda a Uberlândia

ADREANA OLIVEIRA | EDITORA
Olivier Anquier durante aula-show em Uberlândia no último domingo / Foto: Mauro Marques/Divulgação

 

O chef francês de coração brasileiro Olivier Anquier fechou, no último domingo, a 6ª Temporada Gourmet do Center Shopping, em Uberlândia. Em uma aula-show repleta de simpatia, ele levou uma espectadora que não tem o hábito de cozinhar para a bancada e ela preparou toda a receita do risoto sem arroz que ele já havia preparado em seu programa “Diário do Olivier”, na GNT. O Risoto de Penne foi um sucesso para quem experimentou (confira receita nesta página).

Antes de subir ao palco, o chef conversou com a reportagem do Jornal Diário do Comércio. Para ele, o pão de queijo é mesmo um dos maiores ícones de Minas Gerais e não conseguiria destacar somente um prato da culinária mineira. “Tem de monte. Costumo dizer que a comida mineira é a comida do Brasil. Você pode ir para no norte, sul, leste e oeste e tem um pouco de Minas na comida, no cotidiano do brasileiro no seu todo. É uma influência muito forte na história da culinária brasileira”, afirmou.

Olivier trabalhou por 20 anos na TV, passando por emissoras das redes aberta e fechada. Em março, deixou a GNT e disse que não pretende voltar à televisão. Vai se dedicar integralmente aos seus restaurantes em São Paulo e à pequena Olívia, de nove meses, filha dele com a esposa, a atriz Adriana Alves. Segundo ele, tem muita gente neste ramo e é preciso dar espaço para os mais jovens.

Sobre o clima de guerra nas cozinhas que brotam nesses “realities” culinários, ele tem uma opinião bem particular. “Acho que a guerra está na moda, você tem guerra em tudo quanto é departamento: entre jovens e velhos, entre o proletariado e o empresariado... mas se isso é uma realidade eu não estou em guerra com você e não estou em guerra com as pessoas que trabalham nos meus restaurantes.”

Sobre a presença das crianças na cozinha, ele afirma que é positiva, desde que seja com uma visão de futuro, para que aprendam a se virar sozinhas quando necessário. “Fora isso eu não sei se é benefício. No olhar de futuro vale a pena. Aliás, deveria ter ‘reality’ sobre como passar roupas, trocar lâmpadas, costurar...coisas que farão diferença no seu dia a dia. Aprendi muitos ofícios com meus pais e avós que fizeram de mim um homem completo, não preciso de ninguém para resolver a minha vida”, afirmou.

Fora da glamourização da cozinha, ele disse que é importante que todos aprendam a cozinhar, independentemente de ser algo requintado ou não. “Ainda tem muita gente que não cozinha, desde mulheres modernas que travam quando passam na frente do fogão por algum idealismo ou homens que moram sozinhos e são incapazes de fritar um ovo porque não foram preparados para a realidade da vida. Não sei o que vai acontecer amanhã, só sei que vamos ter que comer, então, é bom saber se virar sozinho sem precisar de uma bengala para se apoiar ou se realizar na vida”, finaliza o chef.

 

RISOTO DE PENNE COM SHIMEJI

INGREDIENTES

Caldo de legumes:

1 litro de água

1 cenoura cortada em rodelas grossas

1 cebola

1 porção de alecrim

1 porção de cebolinha picada

 

Risoto de penne:

5 colheres de azeite

300g de shimeji desfiado

1 cebola picada

1 dente de alho picado

500g de massa tipo penne

1 copo de vinho branco

1 litro do caldo de legumes preparado anteriormente

1 pitada de pimenta-do-reino

1 pitada de sal

2 colheres (sopa) de manteiga sem sal

200g de queijo parmesão ralado. Pode ser substituído pelo queijo da Serra da Canastra curado

 

Modo de preparo

Para o caldo de legumes:

Em uma panela, deixe cozinhar todos os ingredientes. Reserve.

 

Para fazer o risoto de penne

Em uma frigideira, refogue o alho e a cebola. Quando estiverem dourados acrescente o penne. Mexa um pouco até mudar a consistência da massa e acrescente o vinho branco. Deixe evaporar um pouco, então, adicione o shimeji, refogue por alguns minutos e acrescente o caldo de legumes aos poucos, cozinhando como no preparo de um risoto de arroz. Coloque a pimenta-do-reino e o sal, misture mais um pouco. Tire a frigideira do fogo, acrescente a manteiga até que ela se derreta. Polvilhe o queijo ralado e misture tudo suavemente.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »