26/11/2021 às 08h00min - Atualizada em 26/11/2021 às 08h00min

Umuarama ganha a Copa Afuvemsu

ALBERTO GOMIDE
Foto: Divulgação

A Associação de Futebol Veterano, Máster e Sênior de Uberlândia encerrou no último final de semana a segunda edição da Copa Afuvemsu, sob a coordenação dos diretores Ricardo Alberto Gouveia e John Márcio Ramos Costa. Para este ano, a coordenação determinou que só poderia ser inscrito jogador com residência em Uberlândia. Os jogos foram realizados aos sábados à tarde, nos campos do Sintrasp, Clube de Caça e Pesca e na localidade de Olhos D’água. O campeonato foi feito para jogadores de 50 anos acima (considerando-se o ano de nascimento e não a data de nascimento). O regulamento determinou a participação, durante toda a partida, de dois jogadores de 55 anos, podendo utilizar até três jogadores de 48 anos, mas não era obrigatório.

 

Participaram 15 equipes, cada uma levando o nome de um bairro da cidade. Na primeira fase foram distribuídas em dois grupos, jogando uma chave contra a outra, em turno único. Ao final da etapa, os 12 melhores colocados, independente de chave, classificaram-se para a etapa seguinte. Na segunda fase foram formados dois grupos com seis times cada. Novamente jogando chave contra chave, para classificar 8 equipes, também independente de chave. Na sequência vieram as semifinais e a final. O campeão da primeira edição, em 2019, foi o Jaraguá.

 

A rodada final foi realizada no sábado passado, no Clube de Caça e Pesca. Na preliminar, o Copacabana derrotou o Segismundo Pereira por 3 a 2, pelo 3º lugar. Na decisão do título, Umuarama e Jaraguá fizeram uma partida bem disputada, mas o time de melhor campanha, o Umuarama (foto), fez prevalecer sua liderança e venceu por 2 a 0, sagrando-se campeão, desbancando o Jaraguá, vencedor da primeira edição. O artilheiro foi Wellington Felicio, o Boléia, do Umuarama, com 20 gols; a defesa menos vazada foi também do Umuarama, com o goleiro Gleiser Aires da Silva. Além do titulo, do artilheiro e do goleiro, o Umuarama foi ainda a equipe mais disciplinada, vencendo em todos os itens, e mais, campeão invicto, com 15 vitórias e três empates, nas 18 partidas realizadas, marcando 47 gols e sofrendo apenas 6 gols. Uma conquista irretocável.

 

FUTSAL ESTADUAL EM UBERLÂNDIA

A Federação Mineira de Futsal marcou para este final de semana (26 a 28), em Uberlândia, a fase final do Campeonato Mineiro (adulto masculino), envolvendo as equipes do Praia Clube, Minas Tênis Clube, América Futebol Clube de BH e o Catiguá Tênis Clube de Patrocínio. Os jogos estão marcados para o G3 e na rodada de abertura, hoje, o Praia enfrenta o Catiguá, às 18 horas, e na sequência o Minas Tênis joga contra o América, às 19h30. As rodadas seguintes serão montadas pelo sistema de tabela dirigida.

 

Teoricamente, Praia e Minas aparecem como os mais credenciados à briga pelo titulo. Tanto é assim, que a própria Federação colocou o confronto entre os dois na última rodada, caso os resultados levem realmente o confronto para a decisão do titulo do campeonato. Praia e Minas foram eliminados nas oitavas de final da Liga Nacional de Futsal e agora voltam a se enfrentar valendo o titulo de campeão mineiro.

 

O Praia Clube já foi campeão mineiro de futsal (adulto masculino) por três vezes, em 1993, 2003 e 2018. No ano de 2013 conquistou dois títulos importantes com a equipe sub-17, a Taça Brasil de Clubes e o Mundialito de Futsal, realizado na Croácia. Este ano, o Praia já foi o campeão do interior, derrotando o Catiguá por 5 a 1 no jogo final do quadrangular decisivo, em Uberlândia. Nos outros jogos do torneio, o Praia fez também goleadas: 9 a 1 sobre o Cruzeiro de Padre Paraíso e 6 a 1 sobre a Sociedade Esportiva Amigos de Teófilo Otoni. O técnico Wesley Lima Ezabo, o Alemão, que assumiu o comando do time praiano ainda na fase preliminar da Liga Nacional, já conquistou o seu primeiro título com o Praia, que foi o de campeão mineiro do interior, e agora vai para a decisão do estadual, contra o rival Minas Tênis, ambos lutando pelo titulo, após eliminação na LNF.

 
*Este conteúdo é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia.
 
Relacionadas »
Comentários »