29/12/2019 às 14h42min - Atualizada em 29/12/2019 às 14h42min

Kartódromo do Caça e Pesca comemora conquistas após dois anos de revitalização

Estão previstas novas competições e opções para iniciantes em 2020

ÉDER SOARES
Pista profissional em Uberlândia volta a ascender o kartismo na região | Foto: Alex Petraglia/Divulgação
O ano de 2019 marcou a segunda temporada de competições no kartódromo José Carlos Pace, no Clube Caça e Pesca, após a conclusão das obras de revitalização da consagrada pista onde grandes pilotos do Brasil e do mundo, entre eles Ayrton Senna, já desfilaram em competições que marcaram a história do automobilismo uberlandense. Este ano aconteceram cinco competições de destaque, com o calendário encerrado com a disputa das “100 Milhas”, prova que teve a equipe “Loucos” se sagrando como a campeã, com os pilotos Paulo Braga, Carlos Moura e Eduardo Galassi.
 
Na Copa Dinossauros, o campeão foi Henrique Leite; na Speed 125, o título ficou com Lucas Camargo; na Speed 400, o campeão foi João Luiz Maia; enquanto na Speed Cadete, o primeiro lugar foi comemorado por Dudu Felice. 
 
O gestor do kartódromo, Gustavo Acosta, acredita que o kart de Uberlândia vive um processo de crescimento e que a tendência natural, depois das reformas e ampliação de toda a estrutura, é que o esporte de velocidade fique mais forte a cada ano. “Estamos no nosso segundo ano após a revitalização do kartódromo e nesses dois anos tivemos um grande crescimento não só do Kart , mais do automobilismo na região. Tivemos a criação da Copa Light de Kart , somente para pilotos iniciantes que contou com grid de 24 karts”, disse Acosta, que completou.
 
“Tivemos também a criação da Liga Fast Racing, que é um campeonato de kart amador (indoor) que foi um sucesso total, além da primeira edição do Hot Lap, que foi destinado a carros esportivos e para os proprietários de veículos de luxo, no sentido de terem a oportunidade de extrair o máximo de seus super carros, em um ambiente seguro de pista. Enfim, foi um ano de grandes eventos e emoções”. 
 
Um dos destaques da temporada foi o experiente piloto Paulo Braga, que pela Equipe Loucos foi campeão das 100 milhas, mesma competição que ele já havia vencido na década de 1990. No currículo, Braga ostenta os títulos de campeão uberlandense e do Triângulo Mineiro, também em meados de 1990, além ter sido vice-campeão da Fórmula Uno de 1995, na época, a competição de automobilismo mais importante do Brasil.
 
Paulo Braga também acredita que o automobilismo da região tem tudo para em breve figurar entre os principais do país. “Eu tenho o prazer de pilotar nesta nova fase da pista, com ela totalmente revitalizada e com nova estrutura, e também com a experiência de ter corrido em uma época que ela não estava em boas condições. Vejo um futuro promissor do kart de Uberlândia e da região. Fico muito feliz em participar também deste processo de crescimento”, afirmou.
 
A previsão da direção do Kartódromo José Carlos Pasce é que em 2020 aconteçam novos investimentos, melhorando o conforto e segurança de pilotos e convidados, além de aumentar a frota do kart de locação. “Também teremos a criação de um calendário repleto de eventos ligados ao esporte a motor, tais como a terceira edição da Copa Speed, Copa Light (para pilotos iniciantes), campeonato de kart amador (indoor) e a prova mais esperada do ano que é a 100 milhas, que contará com grandes novidades aumentando a competitividade, além da segunda edição do Hot Lap”, disse Gustavo Acosta.
 
“Foi um grande ano, de muitas emoções, onde tivemos um grande crescimento. Esperamos mais crescimento, com várias opções para quem quer conhecer e sentir a emoção de pilotar um kart em uma das pistas mais técnicas do Brasil. Nossa meta é ser um dos mais importantes kartódromos do país, estaremos trabalhando forte para isso. Acredito que quem mais ganhou com esse trabalho foi a cidade de Uberlândia, com mais uma opção de lazer”, completou.
 
HISTÓRIA
A história do Kartódromo José Carlos Pace, em Uberlândia, começou em dezembro de 1978 com Ayrton Senna na pista e em primeiro lugar no pódio. O ídolo mundial foi uma das principais atrações de inauguração do kartódromo, que fica no Clube Caça e Pesca.
 
São 41 anos de tradição, e após 17 anos sem receber provas nos âmbitos estadual e nacional devido as condições precárias, o local passou por uma ampla reforma em 2017, que durou nove meses. São 70 mil metros quadrados de área e as mudanças atendem os critérios de segurança da Federação Mineira de Automobilismo (FMA). Ao todo foram investidos R$ 2,7 milhões no espaço, reinaugurado no dia 31 de agosto de 2018.
 
Além das competições, o Kartódromo José Carlos Pace conta com 18 veículos de kart indoor, que são locados para quem se interessar em correr em uma pista de muita técnica e que proporciona diversão e adrenalina. A entrada é gratuita pela portaria do clube, que fica na avenida Lidormira Borges do Nascimento.
 
CAMPEÕES
Copa dos Dinossauros: Henrique Leite
Copa Speed 125: Lucas Camargo
Speed 400: João Luiz Maia
Speed Cadete: Dudu Felice
100 milhas: Equipe “loucos”(Paulo Braga/Carlos Moura/Eduardo galassi)






 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »