28/07/2019 às 08h00min - Atualizada em 28/07/2019 às 08h00min

Brasil busca vaga em Tóquio em terras uberlandenses

República Dominicana com jogadoras de renome internacional é o adversário mais forte na luta pela vaga olímpica

EDER SOARES
Brasil em partida contra a Rússia | Foto: CBV/Divulgação

Depois do vice-campeonato da Liga das Nações, no qual foi derrotado em uma final equilibrada contra os Estados Unidos, e um longo período de treinamentos no Centro de Desenvolvimento de Voleibol em Saquarema (RJ), a Seleção Brasileira comandada pelo técnico tricampeão olímpico José Roberto Guimarães está em Uberlândia para aquela que será a competição mais importante do ano.

Pesa ao Brasil seu favoritismo diante de três adversários (República Dominicana, Azerbaijão e Camarões) que muito provavelmente vão encontrar dificuldades para superar o experiente time bicampeão olímpico e uma das potências do voleibol mundial. A competição vale vaga ao campeão para as Olimpíadas de Tóquio 2020 - a Seleção brasileira ainda terá pela frente a disputa do Campeonato Sul-Americano, que também dará uma vaga.

O time verde e amarelo estreia no Pré-Olímpico contra a seleção de Camarões na quinta-feira (1°), às 14h15. No mesmo horário de sexta-feira (2), o desafio será contra o Azerbaijão. Às 10h de sábado (3), a participação brasileira será finalizada contra a República Dominicana. Todas as partidas do Brasil serão transmitidas ao vivo pela Rede Globo. O time de melhor campanha estará classificado para os Jogos Olímpicos do próximo ano.

Uma das novidades no grupo brasileiro que participará do Pré-Olímpico, a oposta Tandara mostra otimismo para a disputa da competição. A atacante disputará seu primeiro torneio na temporada 2019 de seleções depois de se recuperar de uma lesão. “É o evento mais importante do ano e estamos nos dedicando ao máximo. Estou treinando há dois meses. Tive uma lesão séria, mas me recuperei bem e treino com o grupo completo há duas semanas. Estou me dedicando cada vez mais e espero poder fazer o meu melhor no Pré-Olímpico”, disse Tandara.

O técnico José Roberto Guimarães comentou sobre o retorno da oposta ao elenco. “A Tandara é uma jogadora com grande experiência internacional que vai agregar bastante ao nosso time nos dando um leque maior de opções”, disse José Roberto Guimarães.

Nessa temporada, a seleção feminina já conquistou a medalha de prata na Liga das Nações. A fase final da competição foi disputada em Nanquim, na China. Na ocasião, três brasileiras entraram na seleção da Liga das Nações. A levantadora Macris, a ponteira Gabi e a central Bia foram eleitas as melhores das suas posições.
Até a quarta-feira (31), os treinamentos do Brasil e das demais seleções serão intercalados entre a Arena Sabiazinho e o Praia Clube.
 
ADVERSÁRIOS
O treinador José Roberto Guimarães analisou os adversários do Brasil no Pré-Olímpico e mostrou confiança em uma boa participação do time verde e amarelo. “Sabemos que Camarões é uma equipe em fase de aprendizado e tem jogadoras que atuam na França. O Azerbaijão tem duas atacantes muito fortes e vamos precisar tomar cuidado. É um time treinado por um italiano, o Giovanni Caprara, que incomodou muitas equipes no Mundial de 2018”, disse Guimarães.

O treinador também falou sobre a sua maior preocupação, ao analisar o adversário mais difícil. A República Dominicana, atual décima colocada do ranking mundial, é a melhor colocada entre os três adversários pela vaga. O time é comandado pelo treinador brasileiro Marcos Kwiek e conta com jogadoras de renome internacional como Bethânia de Lá Cruz, Brenda Castilho e Martinez, esta última foi contratada pelo Dentil/Praia Clube para a próxima temporada da Superliga.

Pela primeira fase da Liga das Nações, no mês de maio, em Brasília, a Seleção Brasileira foi dominada pelo time caribenho e perdeu por 3 sets a 1 (25/22, 25/20, 22/25 e 28/26) em partida realizada no Ginásio Nilson Nelson. “A República Dominicana tem feito bons resultados nas últimas competições e o grupo conta com ótimas atacantes. Será um jogo difícil e vamos precisar estar preocupados com nosso volume de jogo e situação de saque, bloqueio e defesa”, afirmou Guimarães.

A República Dominicana está no Brasil desde o dia 24, quando desembarcou na cidade de Bauru (SP). No interior paulista, as dominicanas realizaram três amistosos contra o Bauru, que inicia preparação para as disputas do Campeonato Paulista e da Superliga 2019/2020.
 
INGRESSOS
Os ingressos para o Pré-Olímpico estão sendo vendidos através do site Zapify. As vendas físicas são feitas nas bilheterias da Arena Sabiazinho e no Praia Clube. O Sabiazinho tem capacidade para 6 mil torcedores.

Para os dias 1° e 2 de agosto (quinta e sexta-feira), os ingressos custam R$ 20 a meia-entrada e R$ 40 a inteira. Já em relação ao dia 3 de agosto (sábado), quando acontece a última rodada, os valores são R$ 40 a meia e R$ 80 a inteira.

TABELA JOGOS PRÉ-OLÍMPICO

1/8

14h15

Brasil x Camarões

1/8

16h45

R. Dominicana x Azerbaijão

2/8

14h15

Brasil x Azerbaijão

2/8

16h45

R. Dominicana x Camarões

3/8

10h

Brasil x R. Dominicana

3/8

12h30

Camarões x Azerbaijão

 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »