09/07/2019 às 08h26min - Atualizada em 09/07/2019 às 08h26min

Ex-UEC, profissionais se destacam na Série D

Jhulliam, no Jacuipense (BA), e Fajardo, no Manaus, estão perto do acesso

EDER SOARES
Jhulliam em partida do último domingo, na Bahia, em que o Jacuipense eliminou o América-RN | Foto: Divulgação

O Uberlândia Esporte Clube (UEC), por enquanto, não está na disputa da Série D do Brasileiro, mas algumas figuras conhecidas dos torcedores esmeraldinos defendem as cores de outros times e fazem boas campanhas na competição. Ex-jogadores e ex-treinadores podem, inclusive, garantir acesso à Série C do nacional caso se classifiquem para as semifinais por suas atuais equipes.

O atacante Jhulliam, por exemplo, artilheiro do Módulo II do Mineiro com 12 gols e que ajudou o Verdão no acesso para a elite do futebol mineiro neste ano, está vestindo a camisa do Jacuipense (BA).  Em uma disputa contra o América de Natal (RN), equipe treinada por Moacir Júnior, técnico que comandou o UEC em 2011, o “Rei Jhulliam”, como ficou carinhosamente marcado pela torcida alviverde, levou a melhor. O time de Riachão do Jacuípe, que fica na região metropolitana de Feira de Santana (BA), eliminou o América potiguar pelas oitavas de final e está a um mata-mata de subir para a Série C. No caso de Jhulliam, poderá ser o segundo acesso no mesmo ano, já que ele foi um dos principais responsáveis pela subida do Verdão neste ano.

Focado no objetivo do acesso, Jhulliam garante que está determinado na disputa da Série D e pede para que a torcida alviverde, mesmo de longe, torça por ele. “Cheguei aqui e encontrei um clube muito empenhado no objetivo de conquistar o acesso e espero que possamos conseguir. Não será fácil, pois a Série D é uma competição muito dura e, nessa fase de mata-mata, qualquer vacilo pode ser fatal. Agora vamos nos concentrar porque passar pelas quartas de final nos dará o acesso para a Série C. Quem sabe daqui um tempo possamos ajudar o Uberlândia neste mesmo objetivo, o que seria um sonho maravilhoso a ser realizado”, disse.

AMAZONAS
Um pouco mais longe, no Norte do país, o técnico Wellington Fajardo, que comandou o Verdão por cinco vezes no Campeonato Mineiro Módulo I e Módulo II, vem levando o Manaus cada vez mais longe na Série D. A equipe da capital amazonense eliminou o São Raimundo (PA) e, além de Fajardo, o clube conta com o diretor de futebol Ângelo Márcio, que foi goleiro e diretor do UEC, o zagueiro Martony, o lateral esquerdo Vandinho, o volante Ezequiel e o meia Jean, todos com passagem pelo CT Ninho do Periquito.

Segundo Fajardo, a hora da verdade chegou. “Numa competição extremamente dura e sacrificante, chegar neste momento decisivo de quartas de final e estar a uma fase do acesso, que é o maior objetivo, é muito gratificante. Porém não é o suficiente e é preciso avançar mais um pouco. O Manaus vai forte e seja contra qual adversário que vier vamos lutar muito para conseguir subir”, afirmou.  

Até o fechamento desta edição, as partidas das quartas de final ainda não tinham sido definidas pois dependiam de alguns jogos de volta das oitavas de final, a serem realizados ontem.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »