11/04/2019 às 07h55min - Atualizada em 11/04/2019 às 07h55min

Villa Nova é rebaixado para o Módulo II

Time de Nova Lima perdeu 12 pontos por escalar irregularmente o atacante Vitor Hugo, o Pinguim

EDER SOARES
Foto: Villa Nova/Divulgação
Por quatro votos a um, o Villa Nova de Nova Lima foi punido pelo Tribunal de Justiça Desportivo da Federação Mineira de Futebol (TJD-FMF) com a perda de 16 pontos e está rebaixado para o Módulo II do Campeonato Mineiro. O Leão do Bonfim escalou de forma irregular, no Módulo I deste ano, o atacante Vitor Hugo do Espirito Santo Costa, o Pinguim, em quatro partidas do estadual. A punição beneficia o Guarani de Divinópolis, autor da denúncia e que foi rebaixado ao lado do Tupi. O Villa Nova ainda pode recorrer ao Tribunal Pleno do TJD.

O Villa perdeu 12 pontos em função dos quatro jogos em que Pinguim atuou no Mineiro, de forma considerada irregular, contra América, Guarani, Cruzeiro e Patrocinense, e ainda mais quatro pontos conquistados em campo, sendo um empate com o Guarani e uma vitória sobre o Patrocinense. 

O Leão do Bonfim foi denunciado com base no artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que prevê “perda do número máximo de pontos atribuídos a uma vitória no regulamento da competição, independentemente do resultado da partida, prova ou equivalente, e multa de R$ 100 a R$ 100 mil."

Pinguim foi expulso na décima rodada da primeira fase do Campeonato Mineiro Sub-20 de 2018, em partida contra o América de Teófilo Otoni. A expulsão foi julgada pelo TJD e o atacante condenado a cumprir quatro jogos de suspensão.  Das quatro partidas, ele só cumpriu duas na competição de Juniores. Entendendo que o jogador não precisaria cumprir as outras duas suspensões no Módulo I do Mineiro, a equipe o escalou de forma equivocada.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »