05/01/2019 às 06h30min - Atualizada em 05/01/2019 às 06h30min

UEC faz jogo de vida ou morte pela Copa São Paulo

Equipe precisa vencer o remo para seguir com chances de classificação

ÉDER SOARES
Pela primeira rodada, Verdinho foi derrotado por 1 a 0 para o Desportivo Brasil | Foto: UEC/Divulgação
A derrota na estreia da Taça São Paulo, por 1 a 0, para o Desportivo Brasil, não abalou jogadores e comissão técnica do Uberlândia Esporte Clube. O Verdinho entra em campo amanhã, às 16h, no Estádio Municipal Ernesto Roco, em Porto Feliz (SP). A equipe precisa vencer os paraenses do Remo para seguir até a terceira e última rodada com chances de classificação. O último compromisso pela fase classificatória será na quarta-feira (9), contra o Visão Celeste de Parnamirim (RN).  

A classificação da chave 20 tem a liderança do Desportivo e do Remo, ambos com três pontos, enquanto Uberlândia e Visão Celeste seguem sem pontuar. Apenas os dois primeiros avançam para a primeira fase dos mata-matas. 

O técnico Amaragil Neto só definirá a equipe para o duelo ante o Remo minutos antes da partida. Segundo ele, o time estranhou o gramado alto do estádio de Porto Feliz. Neto também ponderou sobre uma possível irregularidade no lance que originou o gol da equipe paulista. “O gramado do estádio está muito alto e nosso time acabou demorando a se adaptar. Até mesmo por isso acabamos sendo bastante pressionados no primeiro tempo, quando conseguimos nos segurar bem. No segundo tempo, acabou acontecendo um lance que foi falta clara em nosso jogador, o juiz deu seguimento na jogada e tomamos o gol. Não queremos usar isso como desculpa, pois no segundo tempo pressionamos e não tivemos competência para fazer os gols”, disse Neto, projetando o que o time deverá fazer para a partida contra o Remo.

“Sabemos que não temos outra alternativa a não ser vencer e vamos trabalhar no sentido de pensar melhor. Precisamos ter uma definição melhor na hora de criarmos as oportunidades de gol, que aconteceram no último jogo. Temos um certo tempo para pensar e vamos definir a equipe somente no dia do jogo, isso para que possamos tomar a melhor decisão. Estamos vivos na competição e lutaremos muito por essa classificação”, afirmou o treinador.

O meia Paulo Vitor acredita que a equipe fez uma boa partida na estreia e que a reação acontecerá na próxima rodada. “Sentimos um pouco a questão do gramado do estádio e foi difícil a adaptação. Depois que nos acostumamos, conseguimos jogar de igual para igual. Mas essa derrota faz parte do passado e não temos tempo para lamentações. Temos o Remo pela frente, que é uma equipe de tradição e que vem de uma vitória. O Neto [treinador] vem nos passando muita tranquilidade, pois precisamos ter cabeça fria na partida de domingo e não desperdiçar os gols que surgirem”, disse. 

PROFISSIONAL

Verdão segue treinamentos neste sábado

O elenco profissional do Uberlândia Esporte segue trabalhando no CT Ninho do Periquito, depois da apresentação oficial do elenco realizada na última quinta-feira. O time treina normalmente neste sábado, em dois períodos, e deverá ter pelo menos um período de folga no domingo.

No momento, a equipe está focando as atenções nos testes físicos e exames médicos. Os trabalhos físicos vêm sendo conduzidos interinamente por Vinicius Fonseca, filho do técnico Ademir Fonseca. Vinicius fica no clube até o dia 20 e depois se apresentará a outra equipe. 

O novo preparador físico do Verdão é Nardo Niegeski Siqueira, que estava no Resende (RJ) e chega neste domingo (6). Ele substituirá Serginho Tupã, que recebeu proposta do futebol da Coreia e já se desligou do clube.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »