09/04/2018 às 18h27min - Atualizada em 09/04/2018 às 18h27min

Praia chega com vantagem para a final da Superliga

Time uberlandense é dono de melhor campanha e irá decidir troféu em casa

ÉDER SOARES | REPÓRTER
Atual elenco do Praia conseguiu dar fim a tabu de 8 anos contra o Rio de Janeiro | Foto: Ascom/Praia
 
O Dentil/Praia Clube decidirá pela segunda vez o título da Superliga Feminina de Vôlei. Novamente, o time uberlandense terá pela frente o Rio de Janeiro, mesmo adversário da final na temporada 2014/2015, quando em partida única, realizada em Brasília, as cariocas venceram por 3 sets a 1 e levantaram o caneco. Diferentemente daquela decisão em que o Rio tinha a melhor campanha e era franco favorito, o Praia é quem leva vantagem desta vez.

Com a mudança no regulamento do campeonato, a final será decidida em melhor de dois jogos, sendo que o último acontecerá na Arena Sabiazinho no dia 22 deste mês, um domingo, às 9h10. Os ingressos serão vendidos a partir desta quarta-feira (11), pela internet, e custarão R$ 70 (inteira) e R$ 35 (meia). O primeiro duelo será na Arena Carioca 1, no Rio, já no próximo domingo (15), às 10h.

O Praia sonha com o título inédito da Superliga desde sua primeira participação no certame, na temporada 2008/2009. Já o Rio, atual campeão, é o maior ganhador da competição e luta pelo 13º título. Se cada equipe vencer um dos jogos, o título será decidido no Golden Set, ou set decisivo, mais uma inovação imposta pela Confederação Brasileira de Vôlei (CBV).

Além de o fator casa estar a favor do Praia, a equipe de Uberlândia tem outro motivo para chegar confiante à final. Nesta temporada, o clube conseguiu quebrar o tabu, que se arrastava desde 2008, de nunca ter vencido o time carioca. Eram 21 derrotas seguidas sofridas para o rival, até que no primeiro turno da atual temporada as comandadas do técnico Paulo Coco foram ao Rio e venceram a partida por 3 sets a 0. Por outro lado, pelo confronto de volta, na Arena Praia, o Rio venceu por 3 sets a 2, quebrando a invencibilidade do Praia dentro da temporada 2017/2018, que era de 20 partidas.

“São dois jogos que valem o título inédito para a nossa equipe. Se tivemos jogos difíceis contra o Osasco (SP), agora contra o Rio serão muito mais complicados, mas estamos preparados para isso. Teremos que buscar a perfeição nestes dois jogos, mas claro que fazer o último confronto em casa não deixa de ser uma ótima vantagem”, disse o técnico do Praia, Paulo Coco.

De olho na final, o Dentil/Praia Clube começa a treinar nesta terça na Arena Sabiazinho, das 9h às 12h30. Na próxima semana, os treinos serão em dois períodos, de segunda a sexta-feira.
 
FINAL 

Primeiro jogo – Arena Carioca 1
Domingo (15) 10h – Sesc Rio x Praia Clube
 
Segundo jogo - Arena Sabiazinho
Domingo (22) 9h10 - Praia Clube x Sesc Rio
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »