22/12/2017 às 16h56min - Atualizada em 22/12/2017 às 16h56min

Goleiro uberlandense é eleito melhor de Mundial

Gabriel Brazão ajudou o Brasil a conquistar o 3º lugar de torneio

ÉDER SOARES | REPÓRTER
Uberlandense foi o goleiro menos vazado, com 5 gols sofridos / Foto: Divulgação

 

O goleiro uberlandense Gabriel Brazão foi eleito o melhor da posição no Campeonato Mundial da Índia, onde ajudou a Seleção Brasileira Sub-17 a conquistar o terceiro lugar do torneio.

Brazão, que desde 2013 defende as categorias de base do Cruzeiro, ganhou a Luva de Ouro durante a cerimônia de entrega do troféu de campeão para a Inglaterra. O uberlandense comandou a defesa menos vazada da competição, com apenas cinco gols sofridos em sete jogos. Autor de 29 defesas no torneio, o goleiro brasileiro teve um aproveitamento de 85,3%.

Apesar da terceira colocação no Mundial, Gabriel garante que não saiu decepcionado com a campanha. “Ficamos entre os três melhores. Infelizmente não conquistamos o título, poderíamos ter ganhado, mas no futebol isso acontece e fico feliz também por ter sido eleito o melhor jogador do Mundial. Tenho uma longa jornada pela frente, mas sei que a cada dia estou mais perto daquele sonho que tenho”.

O goleiro começou a jogar futebol aos 6 anos nas escolinhas da Fundação Uberlandense de Turismo Esporte e Lazer (Futel). O primeiro treinador foi Geraldo Touro, ex-atacante do Uberlândia Esporte Clube (UEC), campeão da Taça de CBF de 1984. Depois, aos 9 anos, foi jogar futsal no Praia Clube, alternando também uma passagem de seis meses pelas categorias de base do UEC. Depois de um convite do seu então empresário, o cantor gospel Regis Danese, Gabriel passou por duas avaliações no Cruzeiro e foi aprovado.

Com 1,91 m de altura, Gabriel Brazão espera futuramente realizar o sonho de assumir a camisa titular do Cruzeiro, seu clube do coração. “Graças a Deus venho fazendo grandes jogos, como aconteceu neste ano. Sou muito agradecido ao Cruzeiro e pretendo fazer história lá dentro. Peguei ótimos treinadores de goleiros e hoje estou com o Leonardo Lopes, um dos melhores do Brasil. Às vezes treino com o profissional e troco muitas ideias com o Fábio e com o Rafael".


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »