18/08/2017 às 17h29min - Atualizada em 18/08/2017 às 17h29min

Beleza padrão

ADRIANA KARIMI MANISH | COLUNISTA

Cabelos lisos, pele sem imperfeições e, claro, um corpo magro e, o impossível, sem celulite. Esses são objetivos de mulheres e adolescentes em grande parte do mundo. A busca pela estética perfeita é incentivada pelo grande sucesso alcançado de modelos nacionais e internacionais que fazem dietas para manter o peso considerado ideal. Mas será que realmente existe um padrão de beleza? Ou o correto deveria ser uma busca pela saúde e bem estar?

Até que ponto ter um corpo magro é saudável? Ficar sem comer por longas horas pode trazer prejuízos incalculáveis ao organismo. Infelizmente a sociedade cria esse estereótipo de que para ser bonita é preciso ser magra, o que leva a sérios riscos à saúde.

Consumir medicamentos não prescritos pelo médico para reduzir determinados quilos em poucas semanas, por exemplo, pode levar a perda futura de funcionamento de órgãos. Os remédios podem causar a má absorção intestinal, dores de cabeça, vômitos, o que a longo prazo afetam os rins, circulação e até o próprio coração.

O que é muito comum ver em redes sociais são as dietas que prometem reduzir dez quilos em apenas uma semana, por exemplo.

Embora aparente ser tão eficiente, os resultados podem acarretar em vários prejuízos. Aderir a essas dietas sem fundamento é um risco muito sério. Isso porque a falta de uma alimentação balanceada leva a problemas de curto a longo prazo.

Como sempre, existem pessoas interessadas num emagrecimento rápido, sem medir as consequências dos seus atos. Dietas da moda ou atitudes ligadas ao emagrecimento estão ficando cada vez mais comuns.

 

Esses tipos de dietas podem promover a perda de peso rápida, mas não são ideais pelos seguintes motivos:

- São nutricionalmente inadequadas

- Requerem alimentos caros ou preparações demoradas

- Não ajudam o indivíduo a criar bons hábitos alimentares e o ganho de peso volta a ocorrer

- Estão ligadas a redução de algum alimento ou nutriente

- A eliminação de peso costuma ser a base de líquidos e massa magra (músculo), em vez de gordura

 

Veja também alguns tipos de hábitos inadequados e suas consequências:

- Jejum: ficar um longo período sem se alimentar vai fazer com que seu organismo mobilize as reservas de proteínas e gorduras, ou seja, haverá uma adaptação para obtenção de energia. Assim você perde massa magra (músculo) e gordura ao mesmo tempo. Seu emagrecimento se torna mais lento, pois você estará perdendo músculo, que é metabolicamente ativo. Além do metabolismo ficar mais lento, haverá a presença de sintomas como fraqueza, cansaço, dor de cabeça.

- Dietas com alto teor de proteínas: resultam em rápida perda de peso causada pela diurese (aumento da urina) associada a uma excreção de cetonas (resultado da quebra da gordura). A perda de peso referente à água é rapidamente recuperada, há um baixo teor de ferro, cálcio e, às vezes, vitamina B12. A ingestão de alimentos ricos em proteínas aumenta a quantidade de gordura saturada e colesterol no organismo, que provoca risco de doenças do coração.

- Substitutos de refeições (vitaminas, frutas ou sucos no lugar da refeição): haverá um baixíssimo valor calórico na refeição, a pessoa continuará com fome e não aguentará seguir esse tipo de dieta por muito tempo. Resultam em perda de peso, mas não modificam hábitos alimentares e a recuperação do peso costuma ser rápida.

 

O ideal é mudar alguns hábitos antigos, que são tão difíceis de serem mudados, como o consumo frequente de doces, a ingestão deficiente de hortaliças, comer na quantidade certa e não sempre um pouquinho a mais, enfim, iniciar uma batalha contra os abusos alimentares e a favor da sua saúde.

Então entenda que na era do descartável, da supervelocidade, do tudo para ontem, há coisas que, por mais evolução tecnológica que se tenha, não são possíveis de acelerar. Uma gravidez normal sempre foi e sempre será de 36 a 42 semanas. Assim como uma mudança no corpo permanente requer disciplina, mudança de hábitos e tempo.

E aprendam de uma vez por todas, não estraguem tanta criatividade. Por que buscar um padrão, ser igual, se o mais lindo é ser diferente?

Já imaginaram um jardim com as mesmas flores e com as mesmas cores em qualquer lugar do mundo? Então por que padronizar a beleza feminina se o belo esta realmente na singularidade? Se valorizem!!!

Relacionadas »
Comentários »