31/07/2021 às 08h00min - Atualizada em 31/07/2021 às 08h00min

Está na hora de dar tchau

IARA BERNARDES
Divulgação
Tudo começou em dezembro de 2018. Uma ligação por impulso me colocou em contato com a diretora de redação do Jornal Diário de Uberlândia. Via uma oportunidade consistente de falar sobre maternidade e propor todas essas reflexões que ficam girando aqui na minha mente. Confesso que no momento não imaginei mesmo que “ia rolar”, existia a possibilidade, mas não para aquele momento, então a chama se aquietou em meu coração e a ideia ficara guardada aqui em meu peito. Um fogo brando, que queimava incessante foi alimentado em fevereiro de 2019, quando uma ligação inesperada me colocou como colunista do Jornal.

Aqui eu reencontrei pessoas, conheci muitas outras, vivi experiências indescritíveis e me redescobri sendo eu de maneiras que nem lembrava mais que existiam. Me coloquei em tantos papéis incríveis, que fizeram com que eu crescesse absurdamente me permitindo ser mais e melhor em lançar um olhar mais humano sobre os outros e, principalmente, sobre mim.

Falei tanto sobre empatia, a necessidade de nos colocarmos no lugar do outro que agora preciso focar na primeira pessoa, me redescobrir para fazer o que mais desejo: me doar, ser luz e calor, me consumindo conscientemente na missão de ser mais para os outros que me são caros e menos para mim, bem menos para meus desejos egoístas e infantis. Confesso que queria “salvar o mundo”, mas antes preciso compreender que eu sou o mundo de poucos e eles são o meu. Por isso, agora é necessário fazer o caminho de volta, viver o microcosmos e estudar melhor os caminhos futuros, estes mesmos caminhos que levarão meus filhos a buscarem novos mundos e construírem suas próprias histórias. Eu fui buscar o meu e encontrei mais que poderia esperar e como sou grata por toda essa bagagem e souvenirs que trouxe dessa jornada.

Mas a vida é cíclica e se despedir também faz parte, por isso, hoje eu uso esse mesmo canal que me abriu caminhos para dizer que novos rumos são inevitáveis e algumas vezes voltar é preciso. Nesse momento, sinto que preciso fazer o caminho de volta para o meu lar, escrever e refletir para um público de cinco pessoas – meu marido, meus filhos e eu mesma -, os mais próximos que me rodeiam, aqueles que contam diretamente comigo no dia a dia e exigem de mim o máximo de energia e atenção.

Por tudo isso, e muito mais, quero agradecer a todos que me apoiam e vivenciam cada tema comigo, vocês são incríveis. Agradeço também ao Jornal Diário de Uberlândia, por gentilmente ceder seu espaço às minhas palavras. Pode ser clichê, mas creio de verdade que hoje apenas dou um tchau para esse espaço, na esperança de manter as portas abertas para que mais linhas sejam escritas na minha história.
Como sugestão eu digo, voltem quando julgarem necessário, se despeçam quando o coração mandar, seja honesto com aqueles que lhe ofereceram a mão e, principalmente, seja fiel aos seus valores e sentimentos. Saiba escutar seu coração e acolha seus chamados; seja íntegro ao que é bom, justo e verdadeiro; reconheça o quanto a beleza faz bem os olhos e ao coração, entendendo que beleza não é sinônimo de futilidade e a futilidade não carrega a reverência do que realmente é belo. Além disso, lembre-se de trabalhar duro, servir e não encher o saco; não tenha inveja, ela te impede de buscar o mérito das suas conquistas; não deseje a infelicidade alheia, pois gente infeliz é chata e de gente chata o mundo está cheio. Deseje o bem ao próximo e se alegre com as conquistas dos outros, pois gente feliz não enche o saco, ou seja, você fica bem, o outro mais ainda e todo mundo segue leve. Ahhh, outra dica é essa, seja leve, não seja a pessoa a levar mais problema para os outros enchendo a cabeça de todos ao redor com seu mal humor tóxico. Não comente suas batalhas com quem não pode te ajudar e saiba que são poucos os que podem e menos ainda os que querem, suas lutas são suas, lute-as com honra e gratidão.

Do mais, siga o @maternidadenostress nas redes sociais e nos vemos por aí. Beijos e até loguinho!
 
 
Tags »
Relacionadas »
Comentários »