23/01/2021 às 09h30min - Atualizada em 23/01/2021 às 09h30min

Imprevisível futebol clube

ADRIANO SANTOS
FOTO: RUBENS CHIRI
Quem apostaria que o Internacional estaria além de plena ascensão e golearia o São Paulo em casa por 5x1, o todo poderoso São Paulo de 7 pontos à frente encolheu-se.

Quem diria que Abel Braga estaria com seus comandados na liderança do Brasileirão pós Coldet, pós amargar a 7° posição do Campeonato Brasileiro e a 7 jogos sem derrota, o mesmo Abelão que foi duramente criticado por passagens no Vasco e no rebaixado Cruzeiro.

Teoricamente entre os 4 primeiros colocados a melhor tabela é a do Galo, que tem apenas Santos e Palmeiras entre os primeiros colocados, já o Internacional por exemplo tem entre os grandes times da tabela um Grenal, Flamengo, Corinthians e Atlético Paranaense na baixada. Já o São Paulo tem entre os primeiros colocados o Flamengo, o Palmeiras e o Grêmio.

Do Lado do Flamengo, que só depende de si mesmo, tem o Clássico do Milhões x Vasco da Gama, Internacional, São Paulo, Grêmio e Corinthians, uma tabela insana e que poderá ser desastrosa aos sonhos do Octa tão sonhado.

O Grêmio corre por fora, juntamente com Palmeiras, porém o Grêmio tem a pior sequência de jogos, o Grenal, o Flamengo, Palmeiras, o São Paulo e o finalista da Libertadores o Santos, haja coração.

E por fim o time da vez, Palmeiras, finalista da Libertadores e da Copa do Brasil, tem jogos teoricamente mais fáceis, do G6, apenas, São Paulo e Grêmio, e o Santos reeditando a final Brasileira da Copa do Brasil.

Será imprevisível, haja coração, todo mundo poderá ser campeão, as distâncias e o cansaço chegaram, quem será que vai chegar em 1°? Grêmio finalista da Copa do Brasil, tem mais dois jogos que a maioria, Palmeiras mais 4 jogos que a maioria porque tem finais da Liberta e Copa do Brasil.

Flamengo, Internacional, São Paulo e Atlético vem sangue puro, focando apenas em tentar o caneco da Copa do Brasil.

Nessas imprevisibilidades, é normal cada clube ter o seu motor, com Luciano em baixa o São Paulo despencou, sem Keno, o galo forte vingador cria mas não faz gols, destaque do Internacional Galhardo e Abel Hernandes puxam a fila, no Flamengo parece que o Gabigol voltou, parece.

É o maior campeonato do mundo, o melhor, as distâncias, a longevidade, a qualidade, tudo isso faz o nosso amado Campeonato Brasileiro até agora ser inesquecível e imprevisível.

Eu que tanto apostava no São Paulo, hoje não sei em quem apostar, o Flamengo bate ainda o Palmeiras, aumentando ainda mais o peso da camisa que nessas horas poderá ser animadora aos flamenguista.

Se janeiro está assim, imagina o Campeonato Brasileiro de 2021 pós estaduais?

Paixão Futebol, não é só futebol.


Esta coluna é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia.
Relacionadas »
Comentários »