04/04/2017 às 10h24min - Atualizada em 04/04/2017 às 10h24min

JEJUM INTERMITENTE

Na busca incessante pelo corpo perfeito, constantemente, surgem novas intervenções e estilos de alimentação para conquistar mais saúde ou mesmo emagrecer.

Antes a regra era comer de 3 em 3 horas pois diziam ser essencial para acelerar o metabolismo e ajudar no processo de emagrecimento.

Vários estudos realizados e publicados recentemente concluíram que isso não procede, o que fez ganhar força o queridinho das famosas, que promete emagrecer de forma rápida e segura, apenas regulando o horário e a quantidade das refeições.

Todos sabem como é a rotina de alguém que quer seguir uma dieta saudável, balanceada e trabalha, por exemplo. É aquela dor de cabeça, na noite anterior prepara-se marmitinhas para o dia todo. Café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, café da tarde, jantar, ceia, e olhe lá se não tiver mais alguma refeição. O jejum intermitente promete mudar esse problema, pois consiste em fazer refeições mais balanceadas, menos vezes por dia

O jejum intermitente é a nova técnica de emagrecimento, um termo usado para nomear um padrão alimentar que se alterna entre períodos de jejum e alimentação.

Como fazer jejum intermitente?

O método mais comum, é fazer jejum diariamente, por 16 horas, ficando as outras 8 horas livres para alimentação. Uma ideia seria almoçar e jantar dentro dessas 8 horas, e o restante do tempo jejuar.

Os métodos de jejum intermitente mais conhecidos são:

Jejum de 16 horas

Como foi dito, é o mais comum, consiste em comer em uma janela de 8 horas por dia, e não comer nas outras 16 horas. Para facilitar, vou dar um exemplo:

Se você dorme das 23h às 7h, já são 8 horas de jejum. Basta adicionar 4 horas antes de dormir e 4 horas depois de acordar em jejum. Ou seja, acordar as 7h, almoçar depois das 11h e jantar antes das 19h.

Jejum de 24 horas

Consiste em fazer 24 horas de jejum, duas vezes na semana. Exemplo: Se você jantar hoje às 20h, fique até amanhã às 20h sem comer nada. Repita outra vez na semana.

Jejum de 36 horas

Este tipo de jejum, não é recomendado para qualquer um. Todos devem ser acompanhados por um profissional, mas esse mais ainda. Em alguns casos, as pessoas necessitam usufruir melhor e por mais tempo do JI, portanto é aqui que o Jejum de 36 horas se encaixa;

Dieta 5:2

Consiste em comer 2 dias na semana, apenas 500-600 calorias por dia. Nos outros dias a alimentação é normal (saudável e bem estruturada);

Dieta do Guerreiro

Esta dieta consiste em comer durante o dia apenas vegetais (em alguns casos adiciona-se fruta) e durante a noite fazer uma refeição normal. Nessa dieta, a alimentação provém de “comida de verdade” (assim como a paleolítica), onde tudo que se come deve ser natural, o mínimo industrializado possível.

O jejum intermitente tem incontáveis benefícios, listados abaixo, estão alguns deles:

  • reduz a depressão;
  • aumenta a concentração;
  • diminui a ansiedade;
  • acelera o metabolismo;
  • ajuda a regular a pressão;
  • auxilia no emagrecimento
  • propicia uma melhora hormonal;
  • facilita o preparo da comida;
  • para quem trabalha, são menos potinhos na mochila;
  • menos fome, mais saciedade;
  • aumenta os níveis de hormônio do crescimento;
  • melhora a reparação celular;
  • reduz a resistência à insulina;
  • reduz inflamações;
  • previne certos tipos de câncer;
  • reduz o colesterol ruim;
  • pode prevenir o Mal de Alzheimer;
  • benefícios do jejum

 

 E quais são as contra indicações do JI?

Antes de mais nada, as mulheres devem ter mais cautela ao fazer o jejum. Alguns estudos mostraram que algumas mulheres podem piorar o nível de glicose fazendo JI. Por isso, é importante o acompanhamento profissional, e o principal, o teste. Se não estiver servindo para você, não faça. Simples assim.

Crianças, adolescentes, mulheres grávidas, diabéticos e idosos não devem fazer jejum intermitente em hipótese alguma.

            Qualquer dúvida e antes mesmo de começar consulte um especialista.

 

Adriana Karimi Manish – Gestora de Qualidade

Relacionadas »
Comentários »