22/12/2019 às 11h00min - Atualizada em 22/12/2019 às 11h00min

Em foco, festas e eventos

JADIR JÚNIOR
FESTÃO
Badalada recepção na última semana celebrou os 70 anos de Wellington Farah. A luxuosa festa foi organizada pela esposa, Elizangela Araújo Siqueira. Na ocasião, amigos e familiares participaram da noite festiva. Felicidades.

NATAL
Na última sexta-feira, a Associação do Câncer de Uberlândia realizou o Natal Solidário. O evento marcou a entrega das cestas natalinas para todos os atendidos. Neste ano, foram desenvolvidas inúmeras ações para arrecadação dos alimentos para montagem das cestas. Entre essas ações está uma campanha que realizei junto ao Grupo Vasconcelos, no qual juntos doamos 100 kg de alimentos.

CURTI
Nota 10 para empresas que mesmo com as dificuldades impostas durante o ano promovem as tradicionais confraternizações para os seus funcionários. Não vejo apenas como uma forma de agradecimento pelo serviço prestado, mas também como um incentivo para o próximo ano.

NÃO CURTI
Nota Zero para pessoas que não entendem a diferença entre um evento social e uma festa. Vejo/ouço, muitas pessoas reclamarem, questionarem o porquê de não poder levar um acompanhante. Simples, vejam só: se uma festa é planejada por uma empresa, para cem pessoas, caso todas levem acompanhante, o número passa a 200 pessoas. É necessário entender que por trás de uma lista de convidados há todo um interesse, público alvo, investimento, etc. Promover um evento não é barato! Será que esses indivíduos que nem tamanha influência possuem na sociedade não se colocam no lugar?

FOTOS
Welington Farah e Elizangela Araújo Siqueira (Fernanda Souto/Divulgação)

Bruna Barcelos e Arthur Cavalcante de Aguiar (Mauro Marques/Divulgação)

Ivanilda e o marido, o empresário Paulo Fernando (Mauro Marques/Divulgação)

Cecília Markiewicz e o marido, Ricardo Markiewicz (Talita Camargo/Divulgação)

*Esta coluna é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia.








 
Relacionadas »
Comentários »