02/04/2018 às 09h06min - Atualizada em 02/04/2018 às 09h06min

​É preciso aceitar e respeitar!

GABY BRANDALISE | JORNALISTA E ESCRITORA

Às vezes, uma mente fechada pode impedir a pessoa de conhecer coisas novas e interessantes. Quando se olha para outras culturas, há o costume de comparar com a própria, mas é importante ressaltar que as pessoas vivem realidades diferentes ao redor do mundo, então ao conhecer costumes de outros lugares, não ser intolerante é essencial.

A internet se tornou uma das melhores ferramentas para o relacionamento com outras culturas. Seja o contato direto com indivíduos de nacionalidades distintas ou apenas a oportunidade de se aprofundar em pesquisas sobre outros países ao redor do globo. Com ela a difusão de produtos culturais também é mais fácil. Hoje muitas pessoas usam séries, filmes e músicas como primeiro contato com o mundo afora. Seja um dorama (novelas coreanas), um filme iraniano, ou músicas com nomes impronunciáveis, esse tipo de coisa conquista as pessoas e atiça curiosidade.

O diferente pode ser cativante ou estranho, tudo depende do ponto de vista. Mesmo assim é sempre atraente o aprendizado. Por causa disso, não é difícil encontrar pessoas que além de se interessarem em conhecer mais sobre culturas diversas, também começaram a implementar algumas delas em suas próprias vidas, aprendendo diferentes línguas, fazendo viagens, intercâmbios, ou apenas criando um espacinho especial no coração para aquela cultura que se apaixonou.

Dezenas de pessoas se interessam ou aprendem a gostar de uma língua depois de assistir a uma obra estrangeira. Séries que fazem sucesso e conquistam o público como La casa de papel (Espanhola) e Dark (Alemã), abrem espaço para um maior conhecimento de suas línguas e costumes.

Com o grande número de doramas disponíveis na Netflix, e a expansão do k-pop, muitos fãs que conheceram a Coréia por meio de seus produtos culturais, compartilham histórias nas redes sociais, blogs e Youtube sobre a forma como foram fisgados pela cultura sul-coreana. Há diversos relatos de pessoas que começaram a aprender a língua, a culinária e que sonham em viajar para o país.

É relevante falar que a aceitação de outras culturas é importante, ainda mais em um país tão miscigenado como o Brasil. Sendo do seu gosto ou não, deve-se respeitar. É sempre bom ter a mente aberta, empatia e aceitar as diferenças. Afinal, um mundo igual não teria a menor graça.

Então, seja porque gostou de algo e resolveu incluir um novo interesse em sua vida, ou apenas aceitando o que a pessoa ao seu lado está adorando, quando se abre espaço para outras culturas, só se tem a ganhar.
Relacionadas »
Comentários »