05/08/2020 às 14h45min - Atualizada em 05/08/2020 às 16h29min

FMF declara Uberlândia campeão do Troféu Inconfidência

Clubes entraram em acordo após reunião realizada com a entidade; Raposa tem confronto contra o Botafogo-SP no sábado (8) pela Série B

DA REDAÇÃO

A Federação Mineira de Futebol (FMF) declarou o Uberlândia Esporte Clube (UEC) como o campeão do Troféu Inconfidência. A decisão aconteceu após uma reunião realizada entre a entidade e representantes do Cruzeiro e do Verdão, justamente após o primeiro cancelamento da partida, devido à contaminação de cinco jogadores do UEC pela Covid-19.

Na manhã de quarta-feira (5), a FMF havia cancelado inicialmente a partida entre os clubes mineiros, que aconteceria no Mineirão, em Belo Horizonte. A federação levou em conta o fato de o Uberlândia ter confirmado 13 casos de coronavírus nos últimos dias, detectados nas duas últimas baterias de exames (RT-PCR) do clube.

O Uberlândia anunciou na noite de terça-feira (4) que os zagueiros Rogério, Plínio e Zé Vitor, o meia Clebinho, o volante Érick, o massoterapeuta João Luis e o fotógrafo Giovanni Mendes testaram positivo para o novo coronavírus. Anteriormente, antes do jogo contra o Villa Nova, no domingo (2), já estavam afastados os atacantes Breninho e Dija Baiano, o volante Luiz Alexandre, o goleiro Alex, o diretor de futebol Fabrício Tavares, e o roupeiro Paulo Edson.

A equipe já estava em Belo Horizonte concentrada para a partida quando recebeu a notícia. Em comunicado oficial do Cruzeiro, o clube confirmou que foi consultado pela FMF e concordou com a não realização do confronto, em solidariedade à equipe uberlandense.

 “O posicionamento do Clube em relação à pandemia sempre foi o de preservar a saúde e a vida de todos os profissionais envolvidos, seguindo todas as orientações de protocolo das autoridades”, diz a nota. Um outro comunicado emitido pela Raposa parabenizou o Verdão pela conquista e reforçou o desejo de pronta recuperação aos atletas do Uberlândia.

CANCELAMENTO
A confirmação do cancelamento do confronto aconteceu no início da tarde desta quarta. A FMF divulgou um ofício, assinado pelo presidente Adriano Guilherme de Aro Ferreira, confirmando a solicitação do Cruzeiro em abrir mão do Troféu Inconfidência, dando o título ao Uberlândia Esporte.

A decisão foi considerada como Fair Play pela equipe da Toca da Raposa e leva em conta ainda a ausência de datas para a remarcação da competição, visto que o Cruzeiro já tem partidas marcadas nos próximos meses pela Série B e Copa do Brasil. Além disso, a FMF considera que a indefinição pode trazer danos ao Verdão, uma vez que o clube não disputará competições nacionais e não terá mais calendário em 2020.

Nesta tarde, o presidente do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues, se solidarizou com a situação vivida pelos atletas e a delegação do Uberlândia. Confira abaixo:

 





VEJA TAMBÉM:

Federação cancela final do Troféu Inconfidência após casos de Covid-19 no UEC

Fiscalização da PM gera confusão no Centro de Uberlândia


















 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »