05/08/2020 às 09h41min - Atualizada em 05/08/2020 às 11h58min

Federação cancela final do Troféu Inconfidência após casos de Covid-19 no UEC

Uberlândia teve 13 casos confirmados por exames RT-PCR nos últimos dias

DA REDAÇÃO
Zagueiro Rogério foi um dos jogadores diagnosticados com a doença | Foto: Giovanni Mendes/UEC
A Federação Mineira de Futebol (FMF) cancelou a final do Troféu Inconfidência, que seria disputada na noite desta quarta-feira (5), após a equipe do Uberlândia Esporte Clube apresentar cinco novos jogadores com resultado positivo à Covid-19.  O adversário do Verdão na partida seria o Cruzeiro.

A decisão da FMF foi publicada nesta manhã e levou em conta os 13 casos de Covid detectados no Verdão nas duas últimas baterias de exames (RT-PCR). No ofício não fica explícito se a partida será remarcada.

O Uberlândia anunciou na noite de terça-feira (4) que os zagueiros Rogério, Plínio e Zé Vitor, o meia Clebinho, o volante Érick, o massoterapeuta João Luis, além do fotógrafo Giovanni Mendes, testaram positivo para o novo coronavírus. Anteriormente, antes do jogo contra o Villa Nova, no domingo (2), já estavam afastados os atacantes Breninho e Dija Baiano, o volante Luiz Alexandre, o goleiro Alex, o diretor de futebol Fabrício Tavares, e o roupeiro Paulo Edson.

A equipe já estava em Belo Horizonte concentrada para a partida e a nova programação não foi divulgada ainda. O Diário entrou em contato com o Uberlândia Esporte Clube que informou, a princípio, que a delegação retornará para Uberlândia após o jantar e que aguarda novo posicionamento da Federação sobre a final. 

No Twitter, o Cruzeiro informou que foi consultado e concordava com o cancelamento da partida em solidariedade à equipe uberlandense. 
Uma reunião ainda nesta tarde, entre os representantes dos dois clubes e da FMF, deverá definir o que será feito em relação à disputa da competição.  













 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »