16/03/2020 às 16h21min - Atualizada em 16/03/2020 às 19h34min

​Ministério Público recomenda suspensão de aulas nas redes municipal e privada de Uberlândia

Universidades já se anteciparam e suspenderam atividades temporariamente; MP também orientou fechamento de cinemas e teatros por 30 dias

CAROLINE ALEIXO
Recomendação do MPE e MPE foi expedida na tarde desta segunda-feira (16) | Foto: Reprodução
O Ministério Público recomendou, na tarde desta segunda-feira (16), a suspensão de aulas em escolas, colégios, faculdades e centros universitários particulares da cidade pelo prazo de 30 dias a partir desta terça-feira (17). A recomendação feita pela Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor e pela Procuradoria da República em Uberlândia também se estende à rede municipal e à Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

A medida contraria a decisão do Município que informou, durante coletiva de imprensa sobre o enfrentamento e prevenção ao novo coronavírus, que por enquanto não haveria necessidade de suspensão de atividades escolares. A UFU também se manifestou no último fim de semana que as aulas por enquanto seriam mantidas, porém com suspensão de eventos e viagens


No documento, o promotor de Justiça Fernando Martins orienta que a suspensão seja feita de forma escalonada com exceção das atividades relativas aos estudantes da área de saúde. No caso da UFU, excetua-se ainda os cursos de Saúde e estágios, inclusive residência médica. 

Algumas universidades como a Uniube, Unitri, Esamc e Una já se anteciparam e anunciaram ainda nesta segunda a suspensão de aulas por tempo determinado ou até nova orientação. 

O Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Triângulo Mineiro informou que já tomou a decisão de suspender as atividades escolares a partir da próxima quarta-feira (18). No dia 27 de março, a categoria irá fazer nova reunião para avaliar a situação e decidir se é necessário prolongar o prazo ou não.


Em comunicado publicado nas redes sociais e no site, durante a noite, a UFU informou a suspensão das aulas a partir de quarta-feira (18). O Diário também questionou a Prefeitura sobre a recomendação dos ministérios públicos Estadual e Federal, mas nenhum retorno foi dado. 
 
 
OUTRAS RECOMENDAÇÕES
Também foi recomendado à Prefeitura de Uberlândia que feche imediatamente espaços como teatros, museus, biblioteca pública pelo mesmo prazo, devendo adotar ainda medidas para a restrição de visitas em Centros de Atividades de Idosos e Instituições de Longa Permanência para idosos. 

Os estabelecimentos particulares que explorem atividades teatrais, de cinema, casas de espetáculos, shows, boates e academias foram orientados a também fechar por um mês.

Já as farmácias e drogarias devem evitar o aumento de preços de luvas, máscaras, álcool em gel, entre outros produtos relacionados à prevenção do Covid-19 ou doenças assemelhadas, destinando a comercialização de máscaras com prioridade às pessoas com eventual contágio e aos profissionais da área de saúde.

No documento, assinado em conjunto com o procurador da República Cléber Eustáquio, é pedido que as instituições religiosas adotem medidas de controle, acesso e permanência de fiéis nos cultos. 

 









 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »