10/03/2018 às 05h17min - Atualizada em 10/03/2018 às 05h17min

Recém-lançada, nova geração do A6 chega em 2019

FERNANDO VALEIKA DE BARROS | FOLHAPRESS
Oitava geração do modelo foi apresentada nesta semana no Salão de Genebra | Foto: Audi/Divulgação

Prevista para desembarcar no Brasil no início de 2019, a oitava geração do Audi A6 foi lançada no Salão de Genebra, em clima de cinema, num estande decorado com poltronas vermelhas e cortina.

O sedã mudou pouco por fora -continua a seguir o conceito de ser uma cópia em escala menor do A8, sedã mais luxuoso da marca alemã. No novo modelo não houve nenhuma ousadia no estilo, ainda que sua carroceria não tenha quase nenhuma peça em comum com o A6 da geração anterior.

Apesar de seu espaço entre os eixos ter aumentado 1,2 centímetro na comparação com os A6 da geração passada, ambos medem quase os mesmos 4,94 metros e comportam 530 litros no porta-malas.

Por dentro, entretanto, o modelo passou por mudanças. Os bancos foram redesenhados e há mais espaço para as pernas nos traseiros. O painel também foi repaginado, com destaque para a tela com 12,3 polegadas do lado do condutor e projeção de dados no vidro para-brisa dianteiro. Este sistema multimídia pode ser personalizado com as preferências de até sete condutores diferentes.

Em um tempo em que os construtores de carros de luxo andam encantados com modelos autônomos, a nova geração do A6 tem 38 sistemas de auxílio à condução, entre eles dois que ajudam manobrar o carro na hora de estacioná-lo. Com motor 3.0 e 340 cavalos de potência e câmbio automático S tronic, o carro vai de 0 a 100 km/h em 5s1 e pode chegar a 250 km/h.

Também em Genebra, a Audi mostrou a versão quase final do E-tron, o primeiro utilitário esportivo elétrico da marca, que tem 496 cavalos te potência e autonomia para rodar 500 quilômetros por carga. "Será um dos vinte modelos elétricos ou com bateria recarregável que nossa marca lançará até 2025", diz Rupert Stadler, CEO da empresa.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »