18/01/2019 às 10h50min - Atualizada em 18/01/2019 às 10h50min

Feira de eletrônicos atrai montadoras

Evento em Las Vegas disputa atenção com salão de Detroit este mês em função das novidades tecnológicas

FERNANDO PEDROSO | FOLHAPRESS
Carro elétrico da Nissan é usado como fonte de energia em estande | Foto: Eduardo Sodré/Folhapress
Quem acompanha os lançamentos de carros ao redor do mundo sabe que janeiro tem o Salão de Detroit, que começa nesta semana. Mas é bom marcar a CES (sigla de Consumer Electronics Show) no calendário também. A feira de eletrônicos tem se tornado o evento preferido das fabricantes, já que os carros estão deixando de ter motores a combustão para virarem produtos cada vez mais tecnológicos. Um exemplo claro é a Mercedes. A empresa deixou de participar do Salão de Detroit para fazer de Las Vegas o palco de estreia do novo CLA. Os comandos de voz para acionar os sistemas de GPS e de assistência à condução foram aprimorados, segundo a marca alemã. O sistema passa a aceitar ordens mais complexas e também acionamento por gestos. O novo CLA deve estrear no Brasil em 2020. A Nissan levou uma evolução do Leaf. O carro elétrico na versão E+ oferece autonomia maior, sendo capaz de rodar por 363 km, além de elevar a potência do motor para equivalente a 200 cv. Também fora de Detroit, a BMW exibiu o para-brisa que vira uma tela para ser usada em carros autônomos. Ela é capaz de exibir filmes, jogos, navegar na internet ou mostrar o GPS em tamanho real. Na mesma linha está a Audi, mas usando um óculos de realidade virtual. Com ele, os passageiros podem jogar com os movimentos reais do veículo.
 
TODAS AS VERSÕES
BMW X2 ganha motor flex no Brasil


 

Motor do BMW é o mesmo de antes, um 2.0 turbo de 4 cilindros | Foto: Divulgação
 
O BMW X2 ganhou motorização flex em toda a sua linha. Antes disponível apenas para a de entrada, a opção bicombustível agora também chega às configurações 2.0, que partem de R$ 211.950. O motor é o mesmo utilizado anteriormente: um 2.0 turbo de quatro cilindros com 192 cavalos de potência e 28,6 kgfm de torque, independentemente do combustível utilizado. Com o câmbio automático de 8 marchas e tração dianteira, o X2 vai de 0 a 100 km/h em 7,7 segundos, segundo a marca. A velocidade máxima é de 225 km/h. A versão mais em conta do X2 2.0 é a sDrive20i GP, que custa R$ 211.950. A sDrive20i GP M Sport X, de R$ 246.950, acrescenta teto solar elétrico panorâmico, rodas aro 19, chave presencial, retrovisores externos com função memória, rebatimento e aquecimento, head-up display e navegador GPS. Elas se somam à sDrive18i GP, que custa R$ 191.950 e usa um 1.5 de três cilindros de 136 cv.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »