16/12/2018 às 07h30min - Atualizada em 16/12/2018 às 07h30min

PCD tem segmento aquecido

Por R$ 69.990, setor de vendas especiais ganha três novidades nesta semana com Spin, Polo e Virtus

FERNANDO PEDROSO | FOLHAPRESS
Sem nome, Spin para PCD é bem equipada | Foto: Divulgação
As vendas para PCD (pessoas com deficiência) estão aquecidas para carros que custam até R$ 70 mil. Este é o limite para que o modelo tenha isenção total de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS). De olho nessa fatia, Chevrolet e Volkswagen apresentaram novidades nesta semana. A minivan Spin ganhou uma versão específica por R$ 69.990. Com os descontos, sai por R$ 54.300. Baseada na versão LT com motor 1.8 8v de até 111 cv e câmbio automático de seis marchas, tem boa lista de equipamentos com direção elétrica, banco traseiro corrediço, rodas de liga leve 15", central multimídia e rack de teto. Perdeu faróis de neblina, câmera de ré e sensores de estacionamento - itens que podem ser instalados como acessórios nas lojas.
 
VOLKSWAGEN


Polo Sense vem com motor turbo | Foto: Divulgação


Já a Volkswagen criou a versão Sense para Polo e Virtus, todos pelos mesmos R$ 69.990. A única diferença é que o hatch vem com motor 1.0 turbo de 128 cv, enquanto o sedã usa o 1.6 16v de até 120 cv. Entre os equipamentos, o hatch e o sedã oferecem ar condicionado, controles de estabilidade e tração, retrovisores elétricos, central multimídia com Android Auto e Apple CarPlay, sensores de ré e direção elétrica. Para reduzir o preço, perdem faróis de neblina, rodas de liga leve e repetidores de seta nos retrovisores. As cores também foram limitadas às sólidas preto, branco ou vermelho, sem custo adicional. A marca anuncia que, em breve, a dupla Gol e Voyage automático entrarão nas vendas especiais para PCD.
 
TOYOTA
Hilux GR Sport rompe a barreira dos R$ 200 mil


Apresentada no Salão do Automóvel de São Paulo, a Toyota Hilux GR Sport será vendida no Brasil como uma série limitada a 420 unidades, das 1.000 que serão produzidas na Argentina. É a primeira picape média a romper a barreira dos R$ 200 mil com a etiqueta de R$ 206.900. Ela marca a entrada da divisão esportiva Gazoo Racing no mercado latino americano. Apesar da proposta esportiva, a Hilux GR Sport traz apenas suspensão modificada em relação às demais versões. Troca amortecedores e as molas dianteiras são mais firmes. O motor é o mesmo 2.8 turbo diesel de 177 cv com câmbio automático de 6 marchas e tração 4x4. No visual, chama a atenção a grade dianteira exclusiva com o nome Toyota, ao invés do logotipo e os adesivos com detalhes em preto e vermelho. Tem rodas 17", pneus para uso na lama e santantonio preto. Por dentro, traz detalhes em vermelho no painel e nos bancos. Tem os mesmos equipamentos da versão SRX.
 
VOLKS


Caminhão elétrico nacional chega ao mercado em 2022 | Foto: Divulgação
 
A Volkswagen prepara o lançamento do primeiro caminhão elétrico nacional, o e-Delivery. O veículo, voltado para entregas em centros urbanos, chega no fim de 2022. A confirmação foi feita por José Ricardo Alouche, vice-presidente de vendas da Volkswagen Caminhões e Ônibus. O modelo será montado em Resende (RJ). O executivo calcula que o preço deverá ser o dobro do cobrado por uma versão a diesel do Delivery, que custa a partir de R$ 142.860. O primeiro cliente é a Ambev, que já fez uma pré-reserva de 1.600 unidades. O modelo elétrico terá motor feito pela empresa WEG e potência equivalente a 109 cv. Grande parte de seus componentes serão produzidos no Brasil. A autonomia chegará a 200 quilômetros. A recarga completa a partir do zero levará cerca de três horas, de acordo com a Volkswagen. A Volks também testa um ônibus híbrido no Brasil. Um motor 1.4 turbo flex (etanol e gasolina) serve de gerador para o motor elétrico. Há também estudos para o lançamento de caminhões movidos a gás natural veicular e de um sistema que permite utilizar álcool ou diesel em um mesmo modelo.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »