08/03/2020 às 09h00min - Atualizada em 08/03/2020 às 09h00min

[Alguns] Segredos da Saúde para as mulheres

ANGELA SENA PRIULI

Manter-se saudável é uma maratona! E as chances são altas de que os hábitos saudáveis que você estabelece agora terão um grande impacto em sua saúde e capacidade física no futuro. Mas, uma coisa é querer ser saudável e outra coisa é realmente fazer as coisas que a deixarão forte e se sentir bem no futuro. Com isso em mente, estamos relembrando (porque tenho certeza que você já ouviu falar disso tudo antes) o que você deve começar ontem para ajudar a manter sua saúde em boa forma.
 
Faça exercícios aeróbicos e anaeróbicos
Exercícios aeróbicos que geralmente são de intensidade baixa a moderada, como corrida e ciclismo - são ótimos, é claro. Mas, adicionar exercícios anaeróbicos à mistura é ótimo para sua saúde a longo prazo. A ciência mostra que esse método de treinamento pode ser extremamente benéfico para o desenvolvimento de força, a construção de massa muscular e a queima de gordura.
 
Coma regularmente
Comer frequentemente mantém seu metabolismo excitado e com energia, e ajuda a evitar ficar com tanta fome que você come demais quando finalmente coloca as mãos em um lanche ou se senta para uma refeição. Segundo pesquisas, fazer três refeições e dois lanches parece ser uma boa. Acostumar-se a um horário de alimentação saudável agora a preparará para o sucesso e a boa nutrição, mesmo com a idade e a vida atrapalhando. Coma gorduras boas sem medo, fibras, alimentos com bastante cálcio, muitas frutas, verduras e legumes e fique coradinha naturalmente.
 
Faça o seu melhor para reduzir seus níveis de estresse (mas de verdade, desta vez)
Quase todo mundo pode se estressar menos (em qualquer idade), e ser capaz de realmente aceitar isso pode ajudar sua saúde ao longo do tempo. O hormônio do estresse, o cortisol, é “terrível para o coração”.
 
Faça intervalos mentais
Forçar-se a fazer uma pausa mental quando se sentir sobrecarregada pode ajudar no alívio do estresse - uma parte crucial de ser saudável e manter-se afiado por um longo tempo. Os intervalos mentais são como uma "limpeza" mental. Faça caminhadas durante o dia ou leia um livro por alguns minutos para se afastar do computador e do celular.
 
Não coma enquanto estiver fazendo outras coisas
Você provavelmente já comeu em algum momento enquanto assiste TV, responde a e-mails profissionais ou lê. Mas esse não é um ótimo hábito - e é tão forte que tantas pessoas na faixa dos 20, 30 anos ou mais não conseguem se livrar. Quando você não se concentra na comida enquanto a come, ela não se registra no seu corpo e pode levar a excessos. Por isso, ela recomenda 15 minutos para sentar, comer sua refeição e se concentrar na comida. Ei, isso também está dando um tempo mental - dois coelhos com uma cajadada só.
 
Fique sem carne uma vez por semana
A maioria das pessoas no Mediterrâneo consome uma dieta principalmente de alimentos à base de plantas, mas ainda tem laticínios, carnes, aves ou peixes sem excesso. Vários estudos demonstraram que pessoas que comem dessa maneira apresentam menores riscos de doenças crônicas e mortalidade precoce.
 
Deixe o açúcar
O açúcar adicionado tem sido associado ao ganho de peso, doenças cardíacas, diabetes e câncer. As pessoas comem em média 22 colheres de chá, ou 88 gramas, de açúcar por dia, mas a American Heart Association recomenda uma ingestão diária máxima de apenas cinco colheres de chá para mulheres. Reduzir o consumo de açúcar pode significar grandes benefícios para a saúde.
 
Tente não ficar obcecada com o seu peso
Seu peso pode lhe dizer muito sobre sua saúde, mas a saúde geral é uma imagem total com muitos fatores, e seu peso é apenas um desses fatores. Concentrar-se em hábitos saudáveis como: se exercitar, comer uma dieta nutritiva e reduzir o álcool fará muito mais para sua saúde geral do que se estressar com o peso especificamente em um determinado dia. Apreciar o seu corpo e tudo o que faz por você também ajuda bastante na redução dos níveis de estresse.
 
Durma muito bem
Você sabe, você sabe - você deveria dormir mais. Mas isso é realmente muito crucial. O sono é incrivelmente importante para a saúde geral e muitas vezes esquecido. O sono ruim coloca você em risco de condições físicas e emocionais no curto e no futuro. Estudos relacionaram sono ruim a doenças cardíacas, obesidade, depressão e ansiedade, entre outras coisas.
 
Faça exames anuais
Essas consultas não são apenas um ótimo momento para consultar seu médico sobre qualquer coisa que esteja incomodando você no departamento de saúde, mas também porque a intervenção precoce é crucial, pois muitos desses riscos, como diabetes, hipertensão e cessação do tabagismo podem ser tratados e revertidos. Continua esquecendo de marcar suas consultas? Agende no durante o mês do seu nascimento, como um presente, para que você não esqueça.
 
Caminhe
Sentar por horas a fio ajuda você a ter má postura e dores nas costas mais tarde na vida. Portanto, tentar dar 7.000 passos - nova marca, em um dia, fornece um objetivo específico e tangível no qual trabalhar.
 
Mantenha a água sempre à mão
A maioria das pessoas não está bebendo água suficiente. Além disso, as pessoas tendem a reter a água à medida que envelhecem, portanto, manter-se bem hidratado pode ajudar a combater isso (e manter a pele com boa aparência).
 
Alongue-se
Seguir uma rotina consistente de alongamento também pode ajudar na postura e na minimização ou prevenção da dor lombar à medida que você envelhece. Dê uma chance ao yoga!
 
E esteja sempre aprendendo algo novo
Quando você desenvolve uma nova habilidade ou adquire novos conhecimentos, cresce como pessoa e mantém o cérebro a mil, fortalecendo as conexões neurais, mantendo-o mentalmente saudável ao longo dos anos. Pare de crescer e isso também leva à estagnação - e isso leva à depressão. Enfim, deleite-se com pequenos prazeres, como ler um poema ou escutar uma música como essa: Tão longa a estrada, tão longa a sina, tão curta a vida... Curta a vida! Com saúde será mais fácil de curtir esse presente divino. Um abraço bem apertado de mulher pra mulher!

*O conteúdo desta coluna é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia.


















 

Tags »
Relacionadas »
Comentários »