04/06/2019 às 08h03min - Atualizada em 04/06/2019 às 08h03min

Tutorial para fazer boas escolhas

FUNDAÇÃO LOGOSÓFICA
Que poder as escolhas têm em nossa vida? Como elas podem influenciar os caminhos que tomamos? Estas escolhas são sempre fáceis? O que determina a sua importância? Como saber se fiz uma boa escolha?

Essas são algumas das perguntas que fazemos quando estamos diante de situações, corriqueiras ou não, que exigem de nós acerto na escolha. São pequenas escolhas diárias, que vão das mais simples às mais complexas, como alimentar-se de forma saudável ou preferir o fast food; controlar mais os gastos ou usar o limite do cheque especial; ser enérgico ou não tão enérgico na educação dos filhos; procurar ou não ajuda para superar uma deficiência psicológica; seguir ou não a intuição diante de um problema; fazer ou não um curso. Mas, agora, especialmente, a escolha que você deve fazer é de aprender ou não a fazer escolhas acertadas.

Quem já não ouviu falar “a vida é feita de escolhas”? É a mais pura verdade! As escolhas que fazemos têm o poder de escrever ou reescrever a história de nossas vidas. Mas, como, então, aprender a fazer escolhas? Aqui está o primeiro passo do tutorial: conhecer o poder das escolhas no caminho da vida e a influência do conhecimento e da vontade no ato da escolha. “Como assim?”, você pode se perguntar.

Simples assim! Se não possuímos o conhecimento da verdade que envolve a escolha, escolhemos às cegas e, portanto, corremos o risco do equívoco. E, para se alcançar esse conhecimento, impõe-se entender uma outra grande causa dos erros na escolha - a falta de vontade.

O autor da Ciência Logosófica, Carlos Bernardo Gonzáles Pecotche, diz que a vontade é a força psíquica que move as nossas energias e põe em atividade as determinações da inteligência para o nosso bem, defesa e superação. Ela é impulsionada por dois fatores: a necessidade e o estímulo. Muitas vezes, movidos pela necessidade, fazemos coisas que não gostaríamos de fazer, mas que fazemos mesmo assim, de forma automática, por obrigação. Mas, se tivermos um estímulo, a determinação para cumprir a tarefa aumenta, ativando, consequentemente, a vontade. Quem nunca percebeu surgir uma força motivadora ao final do expediente, quando o chefe diz que estamos liberados depois de cumprir todas as atividades de trabalho, sobrando tempo para um happy hour com os amigos?

A falta de vontade anula essas possibilidades e nos torna indiferentes e inertes, bloqueando a inteligência e a sensibilidade e fazendo com que tomemos decisões ao acaso. É preciso ter bons estímulos que ativem a força de vontade necessária para avançar de forma segura e decidida pelos caminhos da vida!

Portanto, não perca a oportunidade de um ótimo estímulo para que você turbine a sua vontade e conheça os próximos passos para fazer boas escolhas; “O Poder das Escolhas no Caminho da Vida” é o tema da palestra pública e gratuita que será oferecida pela Fundação Logosófica na próxima sexta-feira (7), às 20h, com duração de aproximadamente uma hora, na rua Alexandre de Oliveira Marquez nº 113, no Bairro Vigilato Pereira, telefone 3237-1130.

O palestrante, David Cohen, é engenheiro mecânico e empresário no setor fitness. Docente de Logosofia desde 1985, proferiu mais de 120 palestras no Brasil, Portugal, Espanha e Israel sobre temas variados baseados nos conhecimentos logosóficos. Diretor do Setor de Formação de Docentes e do Setor de Conferências para Docentes na Filial Logosófica de São Paulo.

Uma vida de boas escolhas pode começar com apenas uma.


*O conteúdo desta coluna é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia.
Tags »
Relacionadas »
Comentários »