28/01/2020 às 08h35min - Atualizada em 28/01/2020 às 08h35min

Uberlândia comemora Semana do Grafite

Programação na cidade inclui ações no Presídio Professor Jacy de Assis e evento no Shopping Park

DA REDAÇÃO
Coordenador de Reinserção Social e Arte, o grafiteiro Kakko é um dos idealizadores do projeto | FOTO: SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO E COMUNICAÇÃO
Comemorada em Uberlândia todos os anos no dia 31 de janeiro, a grafitagem é utilizada como um meio de reinserção social realizado junto aos jovens. Devido a isso, a cidade recebe a “Semana Municipal do Grafite”, uma ação liderada pela Secretaria Municipal de Prevenção às Drogas, Defesa Social e Defesa Civil, e que conta com atividades no presídio Professor Jacy de Assis e um evento em homenagem à arte no bairro Shopping Park.

Serão confeccionados murais na unidade de detenção e no Centro de Artes e Esporte Unificado (CEU). O projeto será realizado pelo coordenador de Reinserção Social e Arte da secretaria, Cleiton Rocha dos Santos, o Kakko, juntamente com grafiteiros convidados de Uberlândia, Ribeirão Preto e Franca.

“O principal objetivo dessas ações é quebrar o preconceito e mostrar que o grafite é um estilo de vida, uma arte sustentável e uma ferramenta de mudança na vida dos jovens. Esse trabalho começou em 2012 como uma oficina e hoje está presente em intervenções em comunidades terapêuticas e escolas, com programas como o ‘Superar-te’, que envolve customização de camisetas e telas, criação de painéis”, explica o coordenador.

AÇÕES
A primeira atividade da semana começa na quinta-feira (30). Será criado um painel no Presídio Professor Jacy de Assis com a presença de quatro grafiteiros. Os internos da unidade de detenção também podem participar. O tema da criação é “Educação e Família”.

Já o CEU do Shopping Park recebe ações na sexta-feira (31) e sábado (1º). A comunidade da região pode comparecer para acompanhar o desenvolvimento de uma arte comemorativa em homenagem à data, a partir das 7h.

O painel temático “Família e Prevenção às Drogas” será desenvolvido em conjunto pelos grafiteiros do interior de São Paulo BBoy, de Ribeirão Preto e Pepão, de Franca. Participam da intervenção ainda os artistas de Uberlândia Kakko, Alexandre Geleia, Júlio Neguela, Kim Ferreira e Dequete.







 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »