18/06/2019 às 07h50min - Atualizada em 18/06/2019 às 07h50min

Madonna fala sobre a pressão no Instagram

Para a cantora, que acaba de lançar “Madame X”, rede social faz “se sentir mal”

FOLHAPRESS
Madonna em uma das imagens de divulgação de “Madame X” | Foto: Steven Klein/Divulgação
Na semana de lançamento de seu novo álbum "Madame X", que saiu na sexta-feira (14) Madonna fez diversas revelações. Depois de relatar o assédio no meio das celebridades, a cantora disse que o Instagram, rede social de compartilhamento de fotos, é "feito para fazer você se sentir mal".

"Você fica presa em querer se comparar com outras pessoas. 'Devo ser assim, agir assim, parecer assim?' 'Isso me tornará mais popular, ou mais bem-sucedida?' As pessoas tornam-se escravas de ganhar aprovações dos outros", disse em entrevista ao jornal britânico “The Sun”.

"Recuso-me a ficar de joelhos para as convenções [sociais] e para o que a sociedade espera de mim como mulher", acrescentou.

Ela ainda disse que foi "sortuda" por viver uma vida de artista antes dos celulares e redes sociais, porque teve "tempo para me desenvolver como artista e humano sem sentir a pressão do julgamento de outras pessoas ou comparações".

"Eu me sinto mal pelos jovens que não tiveram a oportunidade de desenvolver seu caráter e quem eles querem ser", disse. Ela também afirmou que as redes "dirigem a vida das pessoas" atualmente.

Recentemente, a cantora usou suas redes sociais para criticar um artigo do jornal “The New York Times” sobre sua vida aos 60 anos. "Dizer que fiquei desapontada seria um eufemismo", afirmou a cantora, que chegou a fazer uma analogia ao estupro que sofreu aos 19 anos. "Sinto muito por ter passado cinco minutos com ela [a jornalista]. Isso me faz sentir estuprada. E, sim, eu posso usar essa analogia já que eu fui estuprada", afirmou a cantora em sua conta no Instagram.

O artigo intitulado "Madonna aos sessenta" foi publicado na quarta-feira (5) mostrando a preparação da cantora para o Billboard Music Award, comentando sua nova música, "Medelín", gravada em parceria com o colombiano Maluma, a vida dela em Portugal, além de fazer algumas comparações com sucessos atuais da música, como BTS e Taylor Swift.

"A jornalista passou dias e horas comigo e foi convidada para um mundo que muitas pessoas não podem ver, mas optou por focar em assuntos triviais e superficiais, como o tecido das minhas cortinas, e intermináveis comentários sobre minha idade, que nunca teriam sido feitos se eu fosse um homem!", escreveu Madonna.

A cantora ainda termina seu comentário falando que continuará lutando contra esse "patriarcado". "Parece que não se pode corrigir a sociedade e sua necessidade interminável de rebaixar, denegrir e depreciar o que sabe que é positivo. Em particular, as mulheres fortes e independentes".

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »