13/11/2018 às 08h59min - Atualizada em 13/11/2018 às 08h59min

Ainda há vagas para o Conselho Municipal de Política Cultural

DA REDAÇÃO
Estão abertas até o dia 22 de novembro as inscrições para as vagas remanescentes do Conselho Municipal de Política Cultural (CMPC) para o próximo biênio. Na última semana foram selecionados representantes das áreas de Artes Visuais; Circo e Culturas Tradicionais; Música e Teatro. Ainda assim, restam vagas em outros segmentos.

A nova eleição será realizada no dia 22, último dia de inscrições. Segundo a Secretaria Municipal de Cultural (SMC), a medida foi necessária para oferecer mais tempo para a comunidade se preparar. As vagas abertas são para os cargos de titular e suplente em Artesanato e Design; Audiovisual, Comunicação Social e Cultura Digital; Consumidores de Cultura dos Distritos e Comunidades Rurais; além de Literatura, livros e leituras. Também restam vagas para suplente em Cultura Afro-Brasileira, etnia indígena e outras etnias; Dança e Espaços Culturais e Produtores Culturais Independentes.

As inscrições podem ser feitas na Secretaria Municipal de Cultura, localizada na avenida Anselmo Alves dos Santos, nº 600, bairro Santa Mônica. Terão vagas garantidas no pleito quem se registrar até o dia 22 de novembro. No dia da eleição, das 17h às 19h, os interessados ainda poderão garantir participação no próprio local do pleito, na Oficina Cultural, situada na praça Clarimundo Carneiro, 204, centro. A assembleia para a escolha dos representantes acontece logo em seguida, a partir das 20h. Os conselheiros têm grande importância na cena cultural da cidade mas os cargos não são remunerados.

O CMPC é um órgão colegiado paritário vinculado à Secretaria Municipal de Cultura, com caráter permanente, consultivo, deliberativo e orientador. Seu objetivo é institucionalizar a relação entre administração municipal e os setores da sociedade civil ligados à cultura. Sua atuação proporciona uma participação da população na elaboração, execução e fiscalização de política cultural.

O grupo é composto por 26 conselheiros titulares, sendo 13 representantes da sociedade civil e a outra metade de membros do poder público (representantes de secretarias municipais, Poder Legislativo, membros do Conservatório de Música Cora Pavan Capparelli, entre outros).
Segundo explica a Secretária de Cultura, Mônica Debs, esse é um conselho que norteia e dá direcionamento das ações, ajudando no estabelecimento das políticas públicas culturas. É um trabalho construído em conjunto, com participação efetiva da sociedade civil, com acompanhamento e auxílio do trabalho da SMC.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »