07/11/2018 às 07h48min - Atualizada em 07/11/2018 às 07h48min

Carioca Ana Paula Maia vence o Prêmio São Paulo de literatura

Ana venceu com “Assim na Terra como embaixo da Terra” | Foto: Marcelo Corrêa/Divulgação
A carioca Ana Paula Maia venceu o Prêmio São Paulo de Literatura com o romance "Assim na Terra como Embaixo da Terra" (Record). O anúncio foi feito na segunda-feira (5). Com o resultado, a escritora vai receber R$ 200 mil.

De acordo com o júri, o livro "propõe uma poderosa metáfora para muitas situações vividas no momento atual e, ao mesmo tempo, faz uma provocação para que se olhe de forma questionadora para o nosso passado enterrado em tantas 'Colônias' esquecidas e invisíveis aos olhos da maioria de nós".

A narrativa fala sobre uma colônia penal que se torna um campo de extermínio. Para isso, a escrita parte do conto "Na Colônia Penal", de Franz Kafka (1883-1924), para construir a própria versão de um campo prisional.

Foram premiadas também Aline Bei com o livro "O Peso do Pássaro Morto" (Nós), na categoria estreantes com menos de 40 anos. Segundo o júri, Bei escreveu um "romance forte com linguagem inventiva e poética". Cristina Judar venceu o prêmio entre estreantes com mais de 40 anos com "Oito do Sete" (Reformatório), por " ter um ritmo muito envolvente que inova muito quando articula ações com reflexões". Elas receberão R$ 100 mil cada.

Realizado pelo governo do Estado, o Prêmio São Paulo teve 157 livros participando da competição, sendo 98 títulos na categoria principal, 36 na autor estreante com mais de 40 anos e 23 na autor estreante com menos de 40 anos. O anúncio dos vencedores foi feito na Biblioteca Parque Villa-Lobos. ​
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »