24/02/2018 às 05h44min - Atualizada em 24/02/2018 às 05h44min

Choro vira destaque na feira livre

Os domingos na Monsenhor Eduardo estão mais animados com as apresentações do grupo Pulo do Gato

DA REDAÇÃO
Grupo Pulo do Gato em uma das cinco apresentações que já aconteceram | Foto: Wesley Caiapó/Divulgação

A tradicional e movimentada feira livre da avenida Monsenhor Eduardo é ponto obrigatório para centenas de uberlandenses nas manhãs de domingo. Há algumas semanas ela tornou-se ainda mais atrativa por conta de uma atração cultural. Trata-se do projeto “Choro na Feira” que visa divulgar o estilo em Uberlândia, formar público e o enriquecer culturalmente de um dos comércios mais tradicionais do município.
 
Amanhã, das 10h às 12h o projeto, aprovado pelo Programa Municipal de Incentivo à Cultura (PMIC), o reúne artistas do grupo Pulo de Gato, formado por Cecília Ramos (flauta), Dudu (violão), Neil (violão sete cordas), Caetano (cavaquinho) e Maria Angélica (pandeiro). Entre diferentes acordes, ritmos e timbres musicais, canções centenárias como de Ernesto Nazareth, Chiquinha Gonzaga e Pixinguinha pedem passagem junto ao público que marca presença na feira livre.
 
Esta será a sexta apresentação do grupo em Uberlândia. Para a musicista e produtora musical, Maria Angélica de Oliveira, o apoio conquistado junto ao PMIC foi essencial para que o projeto ganhasse novas proporções no cenário artístico local. “Nos deu uma nova forma de ampliar o acesso a esse ritmo tão importante para a nossa cultura. Estamos falando da legítima música popular brasileira. Começamos em 2016 e hoje fazemos, em média, três apresentações por mês. Uberlândia é uma cidade que tem um potencial musical imenso. Acredito que o choro precisa de força e continuidade e esperamos o envolvimento de todos para fazer isso acontecer”, disse.
 
SERVIÇO
 
O QUE: Choro na Feira
QUEM: Grupo Pulo do Gato
QUANDO: amanhã, das 10h às 12h
ONDE: Feira Livre da avenida Monsenhor Eduardo (barraca de pastel da Dona Divina e Ronaldo)
ENTRADA FRANCA
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »