11/07/2020 às 09h51min - Atualizada em 11/07/2020 às 09h51min

Thineco, o computador brasileiro de papelão focado em Green IT

PAULO SANT'ANNA
Em decorrência das sérias consequências ao meio ambiente que o crescimento da indústria de TI vem causando, há alguns anos surgiu a chamada Green IT ou TI Verde, que é um conjunto de práticas que devem ser adotadas pelas empresas e pessoas e que visam utilizar os recursos tecnológicos de uma forma mais eficiente e sustentável possível, sem deixar resíduos na natureza.

Como exemplos claros podemos citar a utilização de dispositivos móveis que são constantemente carregados e frequentemente substituídos e também a utilização de computadores que aumentou muito o consumo de energia e a emissão de CO2. Além disso, o descarte de equipamentos de forma correta é um grande problema. O lixo eletrônico ainda não é tratado adequadamente causando grandes impactos ambientais.

Observando esses fatores e dentro desse contexto, André Ruschel, um especialista em TI e empresário brasileiro, criou o Thineco, um computador feito em um gabinete ecológico de papelão e componentes especiais pensando na sustentabilidade com um consumo de energia mais reduzido e que está preparado para reciclagem devido ao material utilizado na sua construção.

“Minha intenção era mostrar que podemos reutilizar o papelão e reduzir o consumo de energia”, explica Ruschel.

O Thineco utiliza uma placa-mãe da Intel, com entrada HDMI e 6 portas USB, um processador Atom sem dissipador de calor, possui 4 GB de memória RAM e um disco SSD M.2, que não tem ruídos. O equipamento tem o peso aproximado de 1,1 Kg e tamanho: 30 cm x 35 cm. Podem ser instalados os sistemas operacionais Linux ou Windows.

Todos os componentes internos (processador, placa mãe, memória e disco) do Thineco possuem o selo de Green IT garantindo que o consumo de energia seja menor (em média 60% a menos) em relação aos  computadores convencionais, em compensação o poder de processamento é menor, não sendo recomendado para quem utiliza programas de alto desempenho e jogos pesados, mas podemos utilizar pacotes de escritórios com editores de texto e planilhas,  acessar internet, ver filmes e fotos como um computador “padrão”.

Os interessados em obter mais informações sobre este projeto incrível e fazer a aquisição do Thineco, podem entrar em contato diretamente com o André Ruschel através do e-mail
[email protected]
 
Até a próxima coluna!



Este conteúdo é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia.


 
Relacionadas »
Comentários »