04/05/2020 às 08h18min - Atualizada em 04/05/2020 às 08h18min

Startup de Uberlândia usa IA no combate ao Coronavírus

PAULO SANT'ANNA
Na última coluna eu escrevi sobre o crescimento na utilização e adoção de soluções baseadas em Inteligência Artificial (IA). Nesta semana, eu tomei conhecimento que uma Startup de Uberlândia está apoiando os profissionais da saúde no combate ao Covid-19 através de uma plataforma gratuita. Se trata da Ivare, que foi criada em janeiro do ano passado e é focada em Inteligência Artificial aplicada a Imagens, Dados, Análises e Padrões.

Segundo Felipe Fernandes, um dos sócios da empresa e com quem eu conversei, a ideia de colaborar e apoiar Clínicas e Hospitais neste momento de crise surgiu em uma reunião da empresa, quando o assunto Covid-19 obviamente veio à tona. Foi montado um grupo de trabalho que consultou profissionais de saúde e pesquisou exaustivamente a respeito do Coronavírus em artigos chineses e americanos, constatando que a grande maioria dos estudos utilizam exames de raio X ou tomografia de pacientes que testaram positivos para a doença, que constam "anomalias" nas vias aéreas inferiores em 100% dos casos mais graves.

Assim foi criada a Plataforma IVARE Health, que realiza o Diagnóstico, Triagem ou Contra-Prova do Covid-19 via imagens de Raio X ou Tomografia e que é financiada pela própria empresa, desenvolvida sem qualquer tipo de investimento externo sendo disponibilizada gratuitamente, nos idiomas Português e Espanhol aos profissionais da área de Saúde da rede pública ou privada, através do endereço:
https://covid19.ivare.com.br/
Para acesso podem ser utilizados o computador, tablet ou smartphone, desde que esteja com acesso à Internet.

A Plataforma utiliza IA (Inteligência Artificial) aplicando, RNA (Redes Neurais Artificiais) para aprendizado recorrente e evolutivo da Solução em que o médico consegue realizar em segundos o diagnóstico, triagem ou contra prova para identificação do Covid-19 utilizando, as imagens anônimas dos exames de Raio X ou Tomografia do tórax.

De acordo com Fernandes, desde que a solução foi disponibilizada para utilização, já foram realizados cerca de 400 exames, com a plataforma tendo uma assertividade média de 81% para Raio X e 92% para Tomografia e a cada exame realizado, a IA evolui, aprendendo com as imagens do Covid-19 e consequentemente ganhando escala.

O Hospital Albert Einstein lançou neste mês uma solução similar de apoio aos agentes de saúde. Por aqui, a Ivare ainda está buscando parcerias com as instituições de saúde e inclusive já teve a sua solução reconhecida pela UNICAMP como destaque no combate ao Covid-19 e pela Oracle que vai oferecer infraestrutura e apoio técnico para que os demais países da América Latina possam utilizar a plataforma.


O conteúdo desta coluna é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia.


 
Relacionadas »
Comentários »