25/08/2019 às 16h00min - Atualizada em 25/08/2019 às 16h00min

Você ainda usa o Windows 7 em seu computador ou notebook?

PAULO SANT'ANNA
Versões do Windows 7 serão encerradas pela Microsoft | Foto: Divulgação

O Windows 7 é sem dúvida o sistema operacional mais popular da Microsoft, alcançando um bom nível de satisfação junto aos usuários finais, tanto domésticos quanto corporativos, pois trouxe uma robustez e uma estabilidade jamais encontrada nos anteriores, combinando boa performance e usabilidade com recursos mais aprimorados e tornando-se assim uma plataforma amplamente adotada em todo o planeta.

Após 10 anos de lançamento, especificamente no dia 14 de janeiro de 2020, o ciclo de vida de suporte ao Windows 7 e todas as suas versões será encerrado por parte da Microsoft, inclusive os usuários do sistema já vem recebendo, desde abril deste ano, notificações a respeito incentivando a transição para as versões mais recentes do sistema.

Segundo institutos de pesquisa e análise de acessos à internet, 40% dos computadores ou notebooks ainda utilizam o Windows 7 em todo o planeta, ou seja, um número bem considerável de equipamentos.

Como muitos ainda estão confusos quanto a este processo, vou listar 3 dúvidas frequentes com relação a este assunto.
 
Na prática, o que significa o fim do suporte ao sistema Windows 7?
 
A partir de 14 de janeiro de 2020, o Windows não receberá mais suporte para problemas e incidentes e nem serão desenvolvidos correções, atualizações e aprimoramentos para o sistema.

Consequentemente, com o passar do tempo os softwares desenvolvidos por terceiros, inclusive os antivírus, também não mais suportarão o sistema, mas neste caso o processo é bem lento.
 
Meu computador ou notebook vai parar de funcionar?
 
Não, seu equipamento continuará funcionando da mesma forma, com todas as suas funcionalidades, porém de forma vulnerável visto que o fabricante não mais desenvolverá atualizações e correções de segurança para o sistema. Os que mantiverem o sistema assumirão o risco de ter vulneráveis as suas informações armazenadas em computadores com Windows 7.

Sabemos que não é tão simples a atualização do sistema, principalmente no mercado corporativo, onde muitas das vezes as operações das empresas são baseadas em sistemas comerciais e de sustentação de negócio que rodam sob equipamentos com Windows 7. Em abril de 2014, houve o mesmo movimento, só na ocasião era o ciclo do Windows XP, outro sistema muito popular e anterior ao 7, que estava chegando ao fim, sendo que simplesmente 95% dos caixas eletrônicos dos bancos em todo o mundo rodavam Windows XP. Foram todos substituídos a tempo? Evidentemente que não. O processo é lento e gradativo.

Há poucas semanas presenciei em uma grande loja no Center Shopping em Uberlândia um computador com Windows XP rodando o sistema de vendas, sendo que há 5 anos o fabricante não dá mais suporte. Risco assumido. Perguntem se eu me assustei? Claro que não. Se procurarmos acharemos, mais próximos do que imaginamos.
 
Optando por não utilizar mais o Windows 7, qual seria a recomendação?
 
Antes de mais nada, faça o backup dos seus dados. Feito isso, provavelmente o seu equipamento pode receber uma instalação do Windows 10, os requisitos mínimos exigidos são:
•             Processador: 1 GHz (gigahertz) ou superior;
•             Memória RAM: 1 GB (gigabyte) (32 bits) ou 2 GB (64 bits);
•             Espaço livre em disco: 16 GB;
•             Placa gráfica: dispositivo gráfico Microsoft DirectX 9 com driver WDDM;
•             Monitor com resolução mínima de 1024X468;

Avalie se o seu equipamento suportará, e se for o caso faça a aquisição de uma licença para instalação. A orientação da Microsoft, obviamente é comprar um novo computador que já venha com o Windows 10 instalado até mesmo para evitar a situação da instalação do sistema em equipamentos muito antigos e que não tenham a capacidade adequada resultando em uma experiência de uso ruim por parte do usuário final.

No ambiente corporativo devem ser verificadas se existem licenças disponíveis do Windows 8 e 8.1 que ainda terão o suporte garantido até 2023, evitando assim o custo de aquisição de licenças de Windows 10. Pode ser necessário buscar uma consultoria para auxiliar no processo.

Para mais informações sobre o fim do suporte ao Windows 7, acessem http://microsoft.com/windows7
Preparem-se e até o próximo domingo!

*O conteúdo desta coluna é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia.

Tags »
Relacionadas »
Comentários »