17/06/2021 às 10h33min - Atualizada em 17/06/2021 às 10h33min

Hospital do Câncer inaugura aparelho de última geração e amplia atendimento pelo SUS

Equipamento possibilita que radiocirurgia seja oferecida a pacientes do SUS

LORENA BARBOSA
Este é o primeiro aparelho utilizado em Minas Gerais I Foto: Alexandre Costa
O setor de oncologia do Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU) ganhou um reforço para o tratamento de câncer. O novo equipamento, chamado Acelerador Linear, vai permitir a realização de cirurgias de alta complexidade no tratamento radioterápico. O aparelho ajuda na redução do tempo de tratamento e efeitos colaterais, melhorando a qualidade de vida dos pacientes. Atualmente, existem apenas nove equipamentos desses no Brasil, sendo este o primeiro de Minas Gerais.
 
O aparelho traz mais segurança ao paciente e ao profissional de saúde porque permite a realização de procedimentos de radioterapia e radiocirurgia com alta precisão sem que o tratamento atinja outros órgãos do corpo. Com a nova tecnologia, o profissional de saúde tem imagens precisas do paciente por meio de tomografia e raio-x tiradas pelo próprio aparelho. O acelerador linear foi utilizado, até o momento, em 12 pacientes que estão em tratamento em Uberlândia, e, segundo os especialistas, tem capacidade para atender até 25 pacientes por dia.
 
O professor e médico oncológico Eurípedes Rodrigues Barra destacou a importância do novo equipamento para o tratamento do câncer não apenas em Uberlândia, mas também para pacientes de todo o Brasil. “A radiocirurgia normalmente não é oferecida aos pacientes do SUS. São apenas duas instituições no Brasil que eu sei que fazem [a radiocirurgia] pelo SUS, o Hospital de Barretos e o ICESP de São Paulo”, afirmou o professor.
 
O equipamento foi adquirido com recursos de uma emenda parlamentar. O dinheiro foi utilizado na montagem do novo centro cirúrgico. Os recursos vieram também do Ministério Público do Trabalho, da Justiça do Trabalho e dos esforços da ONG Luta pela Vida.
 
O superintendente do Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU), Nilton Pereira Júnior, disse que o novo aparelho também é importante no ensino dos estudantes de graduação de medicina, que terão acesso a tecnologia de ponta. Ele comentou ainda sobre o momento de transição da administração do hospital para a rede Ebserh​. “Além de manter o funcionamento adequado do hospital na pior crise sanitária que o mundo enfrentou, conseguimos ampliar o atendimento à população do Sistema Único de Saúde com abertura de leitos de 30 leitos de UTI e abertura de leitos de enfermaria”, disse o superintendente.
 
O novo equipamento foi inaugurado oficialmente nesta quarta-feira (16), com uma homenagem ao médico, Eurípedes Rodrigues Barra, que trabalha no Hospital do Câncer há mais de 40 anos, e é referência em oncologia em Uberlândia e região.




VEJA TAMBÉM:
Adolescente é apreendido por tráfico de drogas em Uberlândia
Motociclista morre em acidente no bairro Luizote de Freitas

 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »