23/03/2020 às 15h59min - Atualizada em 23/03/2020 às 15h59min

Campanha contra a gripe começa com falta de vacina em Uberlândia

Município recebeu primeiro lote com 32% das doses necessárias; campanha segue até o dia 22 de maio

SÍLVIO AZEVEDO
Idosos podem receber a dose da vacina sem precisar sair do veículo | Foto: PMU/Divulgação
Em meio à propagação do novo coronavírus em Uberlândia, a campanha de vacinação contra a Influenza teve início nesta segunda-feira (23) nas unidades de saúde. Porém, o grupo prioritário, composto por idosos cadastrados na rede pública municipal, começou a receber a dose em casa, no fim de semana. Nas primeiras horas da campanha, algumas unidades já registravam falta da vacina. 

Segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde, o Município vacinou cerca de 6,3 mil idosos no sábado e no domingo. As outras 19,3 mil doses recebidas (32% da cota necessária) no primeiro lote estão sendo utilizadas para a continuidade da ação domiciliar e também foram distribuídas nos pontos de vacina da rede na cidade.

Mas, na manhã em que a campanha foi lançada, alguns locais já começaram a sofrer com o desabastecimento, conforme relatado por algumas pessoas que buscaram a dose. A aposentada Teresinha Torres, 76, foi em dois locais de vacinação, praça Nicolau Feres e Unidades de Atendimento Integrado (UAI) Martins, e não encontrou a vacina.

“O responsável na portaria falou que não havia mais vacina, que tinha acabado em todos os postos da cidade. Me deu um número para agendar a visita em casa, que trariam em 48 horas. Mas não conseguimos acessar o número que me deram. Agora não sabemos quando poderemos vacinar”, disse.

Questionada, a Prefeitura de Uberlândia confirmou a falta de vacina, mas não informou quais são as unidades. Disse ainda que já solicitou à Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) o envio total das doses.

Em nota, a Superintendência Regional de Saúde informou que enviou 43,7 mil doses aos 18 municípios da regional Uberlândia e que um novo lote de 28,6 mil doses da vacina deve chegar aos municípios até sexta-feira (27).

A campanha de vacinação contra a Influenza na cidade segue até o dia 22 de maio e a meta da Secretaria de Saúde é vacinar 73 mil idosos. Quem tem acima de 60 anos e precisa da visita dos agentes de saúde para vacinar deve ligar na unidade de saúde que atende a região onde mora e fazer o agendamento. Quem tiver dúvidas pode ligar no 0800 940 1480.

“Nossa prioridade é manter os idosos em casa. Existe uma ansiedade, uma busca pela vacina para a prevenção de doenças graves, como a influenza, mas nosso medo é que eles adquiram uma outra doença mais grave ainda. Então não há justificativa para vir vacinar. A Prefeitura assumiu o compromisso de vacinar gradativamente todos os idosos do município”, explicou a coordenadora do Programa de Imunização, Claubia de Oliveira.

A CAMPANHA
Por precaução por causa da pandemia, a Secretaria de Saúde adotou medidas para dificultar a propagação do coronavírus. Além da vacinação em domicílio, foram criados espaços mais abertos para receber os idosos que não atendem à recomendação de ficar em casa e buscam as unidades de saúde. 

“Caso esses idosos venham, contrariando a nossa recomendação, nós estamos fazendo uma estrutura para evitar aglomerações, vacinando em locais abertos, mantendo a distância entre um e outro. Mesmo assim a gente sabe que no percurso eles podem ter algum contato”, disse Claubia.

Outra medida é o “drive-thru”, com os idosos recebendo a dose da vacina sem precisar sair do veículo. A coordenadora frisa a importância do isolamento social no combate à propagação do vírus. “Caso venha, vacine e vá direto para casa, não passe em nenhum outro local. Os idosos são muito preciosos para nós e precisam permanecer totalmente isolados em domicílio”.

O município atualmente conta com 74 salas de vacina nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF) e Unidades de Atendimento Integrado (UAI).

Nas UAIs dos bairros Tibery, Roosevelt, Pampulha, Luizote e Planalto a vacinação será das 8h às 21h. Já a UAI do bairro Martins realizará a vacinação na praça Nicolau Feres, das 8h às 17h.

As Unidades Básicas de Saúde de alguns bairros também realizarão a vacina fora da unidade. Na do Tocantins, a imunização é na praça Antônio Martins, a do bairro Brasil atenderá na praça Ana Diniz, e a do Guarani estará no Centro Educacional de Assistência Integrada ao Idoso (Ceai). As equipes da UBS do Patrimônio estarão no Centro de Tecelagem.









 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »