09/07/2019 às 16h11min - Atualizada em 09/07/2019 às 16h11min

Casos prováveis de dengue aumentam nesta semana em Uberlândia

Mesmo com o inverno, a incidência da doença continua muito alta na cidade; casos de zika e chikungunya diminuíram

BRUNA MERLIN
Mesmo com o inverno, a incidência de dengue continua muito alta em Uberlândia. De acordo com o Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, divulgado nesta terça-feira (9), o número de casos prováveis da doença na cidade aumentou em quase dois mil se comparado ao relatório da semana passada, chegando a 28.072 casos suspeitos. 

Em todo o estado a situação também segue em alerta para os casos da enfermidade transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. O número saiu de 427.585 para 438.666 nesta semana.

A quantidade de mortes também subiu de 98 para 107. Em Uberlândia, o número segue estável em 16 confirmações de óbitos causados pela doença. Mais de 130 óbitos ainda estão sendo investigados no estado.

Veja os números de mortes por cidade: Araguari (um), Arcos (um), Belo Horizonte (17), Betim (18), Campos Gerais (um), Contagem (quatro), Curvelo (um), Estrela do Sul (um), Frutal (dois), Guaranésia (um), Guarani (um), Ibiá (um), Ibirité (dois), Ituiutaba (um), Jaboticatubas (um), João Monlevade (um), João Pinheiro (cinco), Juiz de Fora (dez), Lagoa da Prata (um), Martinho Campos (um), Monte Carmelo (um), Paracatu (um), Passos (dois), Patos de Minas (um), Patrocínio (dois), Pitangui (um), Pompéu (um), Rio Paranaíba (um), Sacramento (um), São Gonçalo do Pará (um), São Gotardo (um), Sete Lagoas (um), Uberaba (dois), Uberlândia (16), Unaí (dois) e Vazante (dois).

ZIKA E CHIKUNGUNYA
Os casos prováveis de zika em Uberlândia diminuíram em relação à última semana. O número, que estava em 19, caiu para 15. Em Minas Gerais, a situação também se repete e o estado registrou uma queda de 58 casos da doença. Não houve óbitos confirmados até o momento.

A cidade também demonstrou uma queda em relação aos casos de chikungunya. No dia 2 de julho, o boletim confirmou que haviam 47 registros da doença, mas o número caiu para 42 nesta semana.

Em contrapartida, o estado registou aumento nos casos de chikungunya. A quantidade de casos subiu de 2.577 para 2.621. Até o momento, um óbito pela doença foi notificado em Minas Gerais. 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »