19/03/2019 às 17h46min - Atualizada em 19/03/2019 às 17h46min

Um espetáculo de história e luz em Araxá

Música, teatro e dança para despertar reflexão e admiração até aos mais céticos

FERNANDA PARANHOS
Preparativos para a 'Páscoa Iluminada' começam em Araxá | Foto: Diário de Uberlândia
É quase anacrônico. Imagine misturar uma tecnologia extremamente moderna com uma história milenar, unir projeções feitas em 3D com uma conhecida passagem bíblica. A junção dá certo. Tanto, que há 6 anos o evento "Páscoa Iluminada" faz parte da programação cultural do Tauá Grande Hotel de Araxá (MG). O nome é autoexplicativo. A Páscoa, que, segundo a Bíblia, conta o calvário e a ressurreição de Jesus Cristo é pano de fundo para apresentações que priorizam reflexão e encantamento sem o apoio de religiosidades. O que é oferecido são apresentações artísticas com música, teatro e dança, capazes de despertar reflexão e admiração até aos mais céticos. A programação está em curso e vai até o dia 21 de abril.

O curioso é que, um dos ditos "céticos" é também responsável pela criação do show "Jesus - Paixão, Vida e Luz", que acontece duas vezes por semana (segundas e sextas-feiras) em frente ao Tauá.  Brayhan Hawryliszyn é brasileiro, mineiro, nascido em Belo Horizonte, apesar do nome cheio de consoantes. Jovem, ele é formado em Desing Gráfico e foi indicado por uma empresa especialista em projeções, natural de Araxá, para assumir o desenvolvimento de um projeto no mínimo desafiante.

Brayhan já desenvolvia criações animadas para eventos com o uso de projetores, mas o foco das projeções eram aquelas clássicas, paredes ou telões, planos, brancos ou pretos, não a fachada de um hotel, com traços de um castelo, com texturas, cores e profundidades únicas. Aí começou um trabalho peculiar que durou um ano, só para fazer a animação que seria projetada.

"A gente usou como base a planta do (prédio), a planta original. Antigamente não tinham medições tão precisas, então tem umas pequenas variações. A gente veio com uma trena eletrônica, à noite, checou e tirou a diferença entre os balaustres, as janelas e cria-se esse modelo 3D. Depois fazemos tudo com linhas mesmo, a gente chega aqui, projeta as linhas no prédio e vai encaixando. A linha da janela (por exemplo): recorta a janela e coloca no lugar e vai encaixando para ficar certinho. A gente cria ponto em volta da imagem e vai encaixa pontinho por pontinho até alinhar com a arquitetura do prédio", conta o design. 

Na primeira edição o trabalho, a adaptação, que é sempre feita à noite, durou três dias. Atualmente acontece em três horas. O espetáculo é uma releitura da história da Paixão de Cristo encenada pelo Grupo de Teatro Fratelo, de Araxá. A fachada o Grande Hotel desaparece sob os olhos dos expectadores quando recebe as projeções, efeitos e cenários para as atuações, além da trilha e efeitos sonoros. Há interação das imagens com os atores e uma sincronia entre eles.

O momento da crucificação de Jesus, por exemplo, começa com a imagem dos braços do Messias esticado sobre a cruz e termina, no centro, com o ator, no alto do prédio, preso numa cruz de madeira. O roteiro foi criado em conjunto com o desenvolvimento das projeções que exigem o trabalho simultâneo de 6 projetores de alta tecnologia. Tudo para que o espetáculo aconteça como planejado, com imagens definidas. "Precisa de um computador muito potente, com uma placa de vídeo muito forte, que tenha várias saídas para conseguir mandar e projetar tudo ao mesmo tempo", explica Brayhan.
 
É quase impossível não relacionar um espetáculo cujo tema é a Paixão de Cristo com o catolicismo. De fato. Entretanto, o evento convida ao vislumbre de uma história, pura e simplesmente impressionante, meneada de atributos de arte que vão além da definição religiosa. "Jesus - Paixão, vida e luz" já passou por adaptações, incluindo na parte da projeção, com o objetivo de oferecer à plateia uma vivência de deslumbre frente à mudança repentina do Tauá, um cartão postal da cidade de Araxá, que passa a ser Jerusalém, um prédio em chama, um castelo que desmorona, o berço do menino Jesus e tantos outros espaços.

Brayhan, que nasceu em uma família católica, não é ligado à religião mas diz se emocionar com a história que ele mesmo ajuda a contar. O orgulho do trabalho, porém, já causou um desconforto familiar. "Minha avó nunca veio assistir. Ela vive me cobrando e eu preciso trazê-la para ver. Tenho certeza que vai amar".

SHOW NO LAGO
Na mesma programação está o show musical "Cantare Lago Show" que também convida à mistura do clássico da música erudita com a modernidade das projeções. A apresentação também duas vezes por semana até o final da programação da "Páscoa Iluminada", sempre às quartas feiras e sábados, no lago que fica dentro do Hotel.

No centro da água, atrás do pequeno palco montado para o pianista, o tenor Marcio di Freitas e a soprano Ana Kássia Neves se apresentarem, um chafariz lança uma cortina de água. Para quem acabara de chegar para assistir ao espetáculo, parece apenas um efeito bonito mas, quando a música começa, as projeções também são lançadas na cortina de água e ali monta-se o cenário para o barqueiro sonhador que passa pelo rio contando histórias completadas pelas canções.

Brayhan Hawryliszyn também trabalhou na criação desta projeção. "A primeira vez que eu vi a projeção na água eu fiquei muito impressionado. Não imaginei que daria certo. Mas tecnicamente essa é uma projeção mais fácil porque ela, apesar de ser na água em movimento, é mais plana". O repertório abarca clássicos da música lírica, espanhola, italiana e francesa.

PROGRAMAÇÃO
Também fazem parte da programação o "Baile Real" e o "Teatro de Páscoa", todos no interior do Tauá Grande Hotel. A comunidade araxaense tem entrada franca ao espetáculo se doar um quilo de alimento não perecível ou a mesma quantidade de ração que serão doados para instituições da cidade. Hóspedes do Hotel têm acesso aos espetáculos e ainda podem aproveitar as atividades e a experiência no local que foi inaugurado em 1944.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »