24/11/2018 às 07h00min - Atualizada em 24/11/2018 às 07h00min

Concurso de piano reúne 70 canditatos

Apresentações acontecem sábado e domingo no campus Santa Mônica da UFU com entrada franca

ADREANA OLIVEIRA
Mattos, compositor homenageado, faleceu no início do mês e deixou peças inéditas | Foto: Divulgação
Começou nesta sexta-feira (23) e segue até amanhã (25), em Uberlândia, a 16ª edição do Concurso Nacional de Piano Cora Pavan Capparelli, projeto que tem como principal objetivo incentivar o estudo do piano e divulgar a música erudita brasileira. A cada edição o concurso elege um compositor homenageado. Infelizmente, o homenageado deste ano, Fernando Lewis Mattos, faleceu no dia 4 de novembro, às vésperas de completar 55 anos. Por isso, o concurso acontece em tons de homenagem ao músico.

Segundo Neiva de Freitas, responsável pelo concurso, o talento de Mattos norteará as apresentações, inclusive com peças exclusivas compostas por ele especialmente para esta edição. “Trabalhamos cerca de um ano para a realização do concurso que é didático, no qual os alunos têm que demonstrar suas habilidades em diferentes níveis. Quando convidamos o Fernando ele ficou extremamente feliz em participar e compôs belas peças. Sua morte foi sentida por todos nós e por isso ele será lembrado com muito carinho nesses dias”, disse Neiva.

Mattos era compositor, músico e professor. Foi duas vezes vencedor do Prêmio Açorianos de Música (em 2003 e 2008). Era graduado, mestre e doutor em Música pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Segundo seu currículo, na carreira docente, ministrou disciplinas como Fundamentos da Música, Harmonia, Análise Musical, Estética da Música, Música de Câmara e Arranjos Vocais. Mattos tocava vários instrumentos de cordas, entre eles o alaúde e a teorba, e compôs música de câmara, canções, música coral e música orquestral.

A pianista uberlandense Cristina Caparelli Gerling, também docente na UFRGS, foi colega de Mattos. Nesta sexta ela proferiu a palestra “Vida e obra de Fernando Lewis Mattos (1963-2018)” no campus Santa Mônica da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), como parte da programação do concurso. A abertura, durante à noite, contou com recital da pianista Araceli Chacon.

Cristina, Araceli e a pianista Maria Célia Vieira compõem a banca de jurados do concurso neste ano. Segundo Neiva de Freitas, são cerca de 70 inscritos de todo o País. O concurso é composto pela categoria solo com 7 turnos, categoria piano a 4 mãos com 3 turnos e categoria música de câmara turno único.

“Nosso objetivo também é promover a integração entre os estudantes da música em geral. A obra do músico homenageado é doada e colocada como peça de confronto para ser executada pelos candidatos”, disse Neiva. Hoje as apresentações acontecem a partir das 8h no Bloco 3M do Campus Santa Mônica da da UFU e amanhã no mesmo local a partir das 9h. A entrada é franca.

DONA CORA

A pianista que dá nome ao evento, Dona Cora, está novamente animada com mais uma edição e segundo Neiva deve acompanhar de perto algumas das apresentações.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »