17/11/2018 às 07h30min - Atualizada em 17/11/2018 às 07h30min

Novos olhares sobre o cotidiano

Caderno Diversão & Arte terá quatro novos colunistas a partir da próxima semana

ADREANA OLIVEIRA
Ivone Gomes de Assis integra a equipe de colunistas do Diário de Uberlândia | Foto: Divulgação
O Diário de Uberlândia chega à sua edição 8 mil e o caderno Diversão & Arte também tem novidades para seus fiéis leitores. Entre os novos colunistas do jornal (leia mais no caderno A) quatro deles estão no nosso segundo caderno.
Ivone Assis, Celso Machado, Enzo Banzo e Fernando Lopes, cada um, a seu modo, vai trazer um olhar sobre diversos assuntos do entretenimento para enriquecer o seu dia. Conheça um pouco sobre cada um deles, que atendeu prontamente ao convite do Diário e vão colaborar, a partir de terça-feira (20), com nosso jeito de contar histórias.

Primeiro as damas! Ivone Gomes de Assis é editora de livros, escritora, Mestre em Teoria Literária (UFU), designer gráfico e fotógrafa. Apresenta ainda o programa de rádio Ponto de Leitura na Rádio Universitária de Uberlândia (FM 107,5 mhz). É goiana de nascimento, mas uberlandense de coração. Para ela, escrever é remexer as ideias, é sacudir a adrenalina. Descrever o fato e a poética por meio da palavra escrita é algo que a encanta. “Quando recebi o convite do Diário de Uberlândia senti-me honrada. É maravilhoso você poder levar sua escrita ao leitor de jornais, porque este seleto público lê não porque tem necessidade de notas ou obrigações com o trabalho de ler, mas, sim, porque sente prazer em ler. Escrever para o jornal impresso é como preparar um banquete para convidados. Uma emoção com garantia de reciprocidade. Um texto com certeza de aconchego. Estou feliz, muito feliz. Espero atender às expectativas do público do Diário”, afirmou a colunista da “Literato”, que será publicada às quintas-feiras.

Fernando Lopes é jornalista. Já atuou como fotógrafo, trabalhou em assessoria de comunicação e na área de licenciatura. Especializou-se em Mídias na Educação e é mestre em Estudos Literários. Suas relações com a leitura, a escrita, as manifestações artísticas e culturais o acompanham desde a infância e ele busca compartilhar conteúdos que deixe os nossos dias mais leves. Sempre que possível, tempera a rotina com humor e poesia.

“Insisto em acreditar que as melhores histórias para serem contadas ficam escondidas em momentos de descuido: uma prosa fora de hora, o encontro inesperado que não cansa de nos surpreender, os amigos que conhecemos e que reconhecemos no dia a dia. Meus pensamentos expressados no papel sempre se relacionaram com as minhas experiências e o modo como vejo o mundo ao meu redor. As minhas expectativas em escrever no Diário de Uberlândia é poder compartilhar com os leitores um pouco deste olhar sobre a vida. Sempre quando chegamos em um lugar, creio que temos algo a acrescentar e também para aprender. Ambos os objetivos me motivam”, disse ele, que vai assinar a “Crônicas do Diário”.

Fernando Lopes se junta ao time de colunistas do Diário | Foto: Celso Ribeiro

A coluna “Crônicas do Diário” será compartilhada às terças-feiras. Revezará o posto com Fernando Enzo Banzo (no RG, Ênio Bernardes de Andrade). Músico, escritor, arte-educador e gestor cultural, é mestre em Estudos Literários pela UFU e graduado em Letras pela mesma universidade. Com a banda Porcas Borboletas, formada em 1999, gravou quatro discos, se apresentou em quase todo território brasileiro e no exterior, e dividiu o palco com grandes artistas da música brasileira. Como escritor, publicou o livro "Poesia Colírica" (2014), e como arte-educador, foi integrante do grupo Emcantar de 1998 a 2009 e desenvolveu o projeto Dedo de Verso com crianças e adolescentes da região leste de Uberlândia, em 2017. Atua também na área da gestão cultural e é representante da área de Música no Conselho Estadual de Política Cultural (Consec).

“Nunca escrevi pra jornal, estou bastante ansioso para começar a experiência. A sensação de escrever para ser lido de fato, de chegar à casa de pessoas que não imagino. A oportunidade de falar de nossa cena cultural, de valorizá-la, de apontar suas carências. O desafio da escrita regular, da escolha do tema, do cuidado do texto. E expectativa pela resposta do leitor. Admiro grandes escritores que foram e são cronistas. Estou honrado em estar com eles, na mesma praça, lendo um jornal que a gente mesmo escreveu”, comentou.


Enzo Banzo estará às terças no Diário | Foto: Celso Ribeiro

Às sextas-feiras serão de Celso Machado com sua “CelSiSes”. O engenheiro e publicitário é um contador de histórias nato, se diz um curioso em primeiro lugar. Sócio-fundador da Close Comunicação tem um apreço danado pela história dessa Uberlândia que tanto ama e toda a sua região. Responsável pelo “Almanaque Uberlândia de Ontem e Sempre”, em formatos impresso e televisivo, ele está feliz em voltar para o jornalismo impresso, do qual se ausentou desde dezembro de 2016.


Celso Machado também fará parte da equipe de colunistas | Foto: Divulgação

“Nesse período criei, no Facebook, um espaço com textos livres que mantiveram minha escrita em dia. Mas tenho um carinho enorme pela mídia impressa e estou muito feliz em estar de volta no Diário. Costumo dizer que sou um fotógrafo com a lente no olhar. Vejo, registro e compartilho em palavras. Tenho um olhar muito particular sobre diferentes assuntos e não sei ao certo se gosto mais de contar ou de ouvir histórias. Escrever, para mim, é a única forma de falar a respeito de qualquer coisa, exteriorizar sua opinião e imortalizá-la e tornar o oculto, aparente”.

TIME
Ivone, Fernando, Enzo e Celso somam com nosso time de colunistas que seguem com seus trabalhos. Com a reformulação do caderno Diversão & Arte a coluna “Social” será publicada de quinta-feira a domingo e continua com Cristiane Guimarães e Jadir Júnior. Kelson Venâncio segue abordando a sétima arte às quartas-feiras na “Cinema & Vídeo” e Dudi Bastos segue com seu “Toque do Dia” aos domingos.

Aos sábados o Arquivo Público Municipal também faz sua primeira parceria com o Diário. Os leitores poderão ver fotos antigas de Uberlândia e pessoas que viveram por aqui e ajudar a identificar, contribuindo assim, com a construção de nossa história. Desejamos a todos uma ótima experiência com o Diário!
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »