28/02/2018 às 00h22min - Atualizada em 28/02/2018 às 00h22min

Rio vence e Praia sofre o 1º revés na Superliga

Time uberlandense não segura pressão das cariocas e perde por 3 sets a 2

ÉDER SOARES | REPÓRTER
Mesmo com a derrota, Praia garantiu classificação em primeiro lugar para os playoffs | Foto: Ascom/Praia Clube

Dentil/Praia Clube e Sesc Rio fizeram um grande jogo na noite desta terça-feira na Arena Praia, pela penúltima rodada da fase classificatória da Superliga Feminina de Vôlei. Apesar de entrar como favorito na partida, o Praia foi superado pelo Rio, que acabou quebrando uma invencibilidade de 20 jogos do time uberlandense na competição.

As cariocas fizeram 3 sets a 2 no jogo, com parciais de 24/26, 18/25,  25/17,  25/16 e 6/15. Dessa forma, o Sesc chegou aos 54 pontos, quatro a menos do que o Praia, ainda líder com 58,  que mesmo derrotado garantiu o primeiro lugar na fase classificatória.

O técnico Paulo Coco lamentou o resultado, mas garantiu que a equipe não perderá o foco. “Sabíamos das dificuldades da partida, pois jogamos contra um adversário de muito peso. Acho que não tivemos a consistência necessária ao longo dos sets.”

A levantadora Claudinha afirmou que apesar da quebra de invencibilidade, o time não irá se abater. “Não é o caso de abatimento, até porque sabíamos que em algum momento poderíamos perder, pois não existe equipe imbatível. Acho que foi um grande jogo no qual pecamos em detalhes. Agora é levantar a cabeça.”

O Praia volta a jogar na próxima sexta-feira (2) contra o Barueri, às 21h30, em Barueri.

O JOGO

A partida começou com as equipes errando muito pouco. Com a pressão dos mais de 2 mil  torcedores nas arquibancadas, o time praiano foi pra cima e abriu 8 a 5 no placar.  Mas aí o passe do Praia parou de funcionar e o Rio virou a partida (11 a 9).  O Rio continuou a sacar melhor e fechou o set em 26 a 24.

No segundo período, o Praia voltou errando muitas bolas, o que levou o time carioca a abrir rapidamente 9 a 5.  A equipe uberlandense sofreu um apagão em quadra, vendo o adversário disparar no placar (14 a 7).  Assim, não teve jeito de segurar o Sesc, que administrou a partida até fechar o set em 25 a 18.

Na volta para o terceiro set, o Praia voltou forçando mais o saque, o que dificultou as ações da levantadora Roberta, do Rio. Assim, as praianas se distanciaram no placar (7 a 3).  E foi assim até o final. Incentivadas pela torcida, o Praia venceu o período por 25 a 17.

No quarto set, o Praia continuou com o mesmo volume de jogo e não deu chances de reação ao Rio, que viu o Praia fechar em 25 a 16, empatando o jogo em 2 a 2. 

No tie-break, o Rio entrou mais ligado e sacando melhor, fechando o set por 15 a 6 e o jogo por 3 sets a 2.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »