30/08/2017 às 05h26min - Atualizada em 30/08/2017 às 05h26min

Fabiana Milazzo potencializa sonhos

Estilista uberlandense faz o segundo desfile na SPFW e coleciona elogios depois da apresentação

ADREANA OLIVEIRA | EDITORA
Desfile da coleção Sonhos de Fabiana Milazzo na SPFW N44, na segunda-feira, começou com tons claros na passarela, chegou ao preto e manteve a leveza / Fotos: Zé Takahashi/Agência Fotosite/Divulgação

 

Fabiana Milazzo estreou em março na São Paulo Fashion Week (SPFW) com uma coleção que levou para as passarelas as belezas do Brasil. Na última segunda-feira (28), a estilista uberlandense voltou ao prédio da Bienal na capital paulista. Superou o primeiro desfile com uma coleção que trouxe nas peças imagens de seus sonhos. Não por acaso, a coleção leva esse nome: Sonhos.

O rosto de uma mulher com os olhos fechados e uma das mãos sobre o rosto ganhou contornos em diferente vestidos e causou um impacto imediato quando surgiu na passarela bordado sob o tecido illusion. No dia 10 deste mês, no preview da coleção em Uberlândia, a repórter é informada que aquele rosto foi visto exatamente daquela forma em um sonho da estilista e estava bordado em uma jaqueta jeans.

Apesar de estarem nos corpos de belas e magras beldades na passarela, muitos dos modelos servirão a diferentes corpos. A coleção apresenta leveza até mesmo nos pretos, que ficam com a parte dos pesadelos igualmente belos. “Me peguei rindo de mim mesma quando pensei nisso. Como assim, até os pesadelos ficaram bonitos”, disse a estilista em entrevista ao jornal Diário do Comércio no backstage da SPFW após o desfile.

Leveza é a palavra desta coleção e, para Fabiana, trabalhar com o os sonhos, o que estava em seu subconsciente, foi libertador. Os pássaros, borboletas e peixes se revezavam em ambientes trocados. Nos sonhos, tudo é possível. “Foi uma criação muito voltada para o lúdico, muito boa de trabalhar”, disse a estilista.

Na paleta de cores, destaque para o azul, dourado e o amarelo. A renda também está presente em muitas peças. Vestidos longos, curtos, tops e saias dialogavam entre si. Em um dos primeiros vestidos apresentados com uma sobreposição transparente, todo azul, a modelo parecia sair do mar.

A estilista também usou plumas de fio de seda aplicadas nas barras de alguns vestidos que davam ainda mais movimentos a eles. Nos pés das modelos viu-se mules pretas e nudes bordadas e sandálias douradas e pretas com fitas pretas ou douradas, especialmente desenvolvidas para a estilista pela Masqué.

Em um espaço maior do que o da estreia, e também lotado, Fabiana foi aplaudida de pé e ali mesmo ouviam-se os primeiros elogios. Porém, a frase mais corriqueira foi “quero usar todos”. Entre os destaques da Fila A estavam a atriz Bruna Linzmeyer, as modelos e apresentadoras Vera Viel e Mariana Goldfarb, que fizeram questão de cumprimentar a estilista no backstage.

Muitos amigos de Uberlândia também foram recebidos por Fabiana Milazzo, com a mesma simpatia.

A coleção Sonhos já está nas lojas de Fabiana Milazzo em Uberlândia, São Paulo e Los Angeles, inclusive com peças que não foram apresentadas no desfile.

 

FICHA TÉCNICA

DIREÇÃO CRIATIVA: Fabiana Milazzo

BELEZA: Rodrigo Costa

STYLING: Pedro Sales

TRILHA: Max Blum


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »